A relação entre o surgimento de doenças e a ação do homem

A relação entre o surgimento de doenças e a ação do homem é bastante conhecida. O caso de Minamata, por exemplo, mostra como a poluição pode causar danos à saúde da população.

O desmatamento pode fazer com que os organismos causadores de doença fiquem mais próximos ao homem
O desmatamento pode fazer com que os organismos causadores de doença fiquem mais próximos ao homem
PUBLICIDADE

A cada dia o homem causa mais impacto negativo ao meio ambiente, destruindo habitat para construir moradias, indústrias ou rodovias, poluindo diversos locais e caçando várias espécies. Essa destruição, muitas vezes, é realizada sem se conhecer ao certo todos os impactos que essas atitudes podem gerar a curto e a longo prazo, inclusive na saúde da população.

Como a ação do homem desencadeia o surgimento de doenças?

A saúde do nosso corpo apresenta relação direta com o ambiente em que vivemos. Um ambiente saudável geralmente não proporciona o aumento de casos de doenças, mas um ambiente degradado pode causar o aumento de casos de doenças já conhecidas e até mesmo o surgimento de novas patologias.

  • Desmatamento

Imagine, por exemplo, que uma área foi desmatada para a criação de pasto. Naquele local existiam diversas espécies, mas, com o desmatamento, elas perderam seu habitat. Na busca pela sobrevivência, muitos desses animais saem à procura de novos locais para obter alimento e abrigo, aumentando, assim, os riscos de encontro com o homem. Muitas dessas espécies podem ser agentes causadores de doença ou vetores.

Sem o contato com o homem, muitos agentes infecciosos restringem sua transmissão a pequenas áreas. O desmatamento, no entanto, pode ocasionar um aumento na área de transmissão e provocar surtos e epidemias.

O acidente em Mariana (MG) e a Febre Amarela

Um caso que merece destaque é o da febre amarela, que atualmente tem sua transmissão restrita a áreas de mata (febre amarela silvestre). Nesses locais, os macacos são seus principais hospedeiros e a transmissão é feita por picada de mosquitos Haemagogus e Sabethes. O homem, ao adentrar essas áreas, pode ser picado por um mosquito contaminado e contrair a doença. Os aumentos nos casos de febre amarela registrados no Brasil no fim do ano de 2016 foram associados ao acidente de Mariana por alguns biólogos. Nesse local, uma grande área natural foi destruída, o que deixou animais hospedeiros mais suscetíveis a doenças e também levou os vetores para mais perto do homem.

  • Poluição

A poluição também afeta diretamente a saúde de uma população e, dependendo do agente poluente, pode até mesmo causar a morte de uma pessoa. A poluição atmosférica, por exemplo, está relacionada com aumento de doenças como asma e bronquite, além, é claro, do câncer de pulmão. Já a poluição da água relaciona-se com doenças bastante conhecidas, como a hepatite A, a cólera, giardíase, febre tifoide e outras. Podemos citar também as contaminações por produtos químicos, como o mercúrio.

Entre as histórias mais conhecidas de poluição por produtos químicos, podemos citar a doença de Minamata, causada pelo lançamento de mercúrio por uma empresa chamada de Chisso em Minamata, no Japão. Essa doença levou várias pessoas à morte e tem como sintomas dormência dos membros, perda de coordenação e problemas na fala e visão.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Renda Per Capita
Saiba como esse indicador de desenvolvimento é calculado.

..................................................

Química
Três formas de expressar o coeficiente de solubilidade.

..................................................