Anabolizante esteroide

O anabolizante esteroide é utilizado visando o aumento rápido da massa muscular.
O anabolizante esteroide é utilizado visando o aumento rápido da massa muscular.
Por Mariana Araguaia
PUBLICIDADE

Esteroides anabolizantes, também chamados de “bomba”, são lipídios de cadeia complexa, lipossolúveis, derivados da testosterona: hormônio masculino. Dentre seus efeitos, está o aumento da musculatura (efeito anabólico); e o desenvolvimento das características sexuais masculinas, como engrossamento da voz e maior desenvolvimento de pelos (efeito androgênico).

Tais substâncias são prescritas para problemas de saúde específicos, como no caso de algumas pessoas que têm diabetes, deficiências hormonais, osteoporose, estão na menopausa, ou são portadoras do vírus HIV – uma vez que tal quadro provoca degeneração muscular. Os esteroides podem ser consumidos na forma de comprimido ou injeções. Em outras situações, seu uso e comercialização são ilegais.

Apesar da restrição de uso, um número significativo de pessoas tem utilizado indiscriminadamente os esteroides anabolizantes, com o objetivo de ter maior resistência e disposição durante os treinos, aumentando, de forma rápida, sua massa muscular, e reduzindo a gordura corporal.

Quanto a isso, há, ainda, mais dois agravantes: eles não têm sido adotados somente por atletas, mas por “pessoas comuns”, inclusive mulheres; e em doses extremamente maiores do que as indicadas, já que as doses prescritas não fornecem os resultados esperados por esse público.

O excesso de testosterona ou derivados pode provocar, a curto e a longo prazo, efeitos nada agradáveis e, em muitos casos, irreversíveis. Alguns deles são: agressividade, insônia, problemas hepáticos, acne aguda, redução da imunidade, deficiências no crescimento (no caso de adolescentes), problemas nos tendões e ligamentos, distúrbios na coagulação do sangue, aumento da pressão arterial e, não raras as vezes, ataques cardíacos. Além disso, no caso de pessoas que têm algum tumor, há grandes riscos de ele se desenvolver de forma bem mais rápida.

Especificamente no caso dos homens, pode haver a diminuição dos testículos, infertilidade, dor ao urinar, impotência, calvície, desenvolvimento dos mamilos e aumento da próstata. No caso das mulheres, interrupção da menstruação, infertilidade, crescimento de pelos, engrossamento da voz, aumento do clitóris, diminuição das mamas e raleamento dos cabelos; e o queixo e os olhos tendem a ficar proeminentes.

Como algumas pessoas fazem uso dessa substância na forma injetável, e compartilham agulhas, há também o risco de se adquirir doenças sérias, como Aids e hepatites B e C. Além disso, existe a possibilidade de o usuário se tornar dependente, e também a de ele aumentar paulatinamente a quantidade do produto, o que é muito sério, considerando o que já foi exposto. Para piorar, a interrupção brusca pode desencadear em sintomas típicos da crise de abstinência, como depressão, dor de cabeça, fadiga e irritabilidade.

Outros problemas graves, relacionados ao sonho por um suposto corpo perfeito, incluem o uso de produtos veterinários e o de anabolizantes clandestinos, de procedência duvidosa.

Diante de tudo o que foi pontuado, fica claro que, exceto em casos específicos, e sob orientação médica rigorosa, o uso de esteroides anabolizantes, embora forneça resultados interessantes, é extremamente prejudicial à saúde.

Uma boa alimentação e treino adequado são capazes de proporcionar excelentes resultados; bem mais seguros e, de fato, saudáveis.


Por Mariana Araguaia
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Genocídio
O genocídio é considerado crime contra a humanidade?

..................................................

Ilusão de ótica
Descubra se há relação entre a ilusão de ótica e a matemática.

..................................................