Aterosclerose

A aterosclerose provoca a perda da elasticidade da parede da artéria, o que pode desencadear uma diminuição do fluxo sanguíneo e, consequentemente, infartos.

A aterosclerose é um problema grave que pode causar a morte se não descoberta precocemente
A aterosclerose é um problema grave que pode causar a morte se não descoberta precocemente
PUBLICIDADE

A aterosclerose (do grego atero = calda e esclerose = endurecimento) é um problema de saúde que provoca o espessamento e a perda de elasticidade da parede da artéria. É uma doença lenta e de causas multifatoriais que se inicia com o acúmulo de lipoproteínas na artéria, o que desencadeia uma série de reações celulares, como a disfunção endotelial, que impede a dilatação dos vasos sanguíneos.

Na aterosclerose, ocorre a formação de placas compostas principalmente por lípidos e tecido fibroso. Essas placas, que aumentam gradativamente, causam a obstrução da artéria, desencadeando consequências graves.

Quais são os fatores de risco da aterosclerose?

A aterosclerose, normalmente, está associada a alguns fatores de risco, tais como:

Quais são os sintomas e sinais da aterosclerose?

Normalmente a aterosclerose é um problema silencioso, que acomete o indivíduo de maneira lenta, sem que ele perceba nenhum sinal. Na grande maioria dos casos, o problema só é descoberto quando a artéria está completamente obstruída, após um infarto ou derrame ou até mesmo depois da morte em decorrência da doença. Como a artéria aorta, as coronárias e as cerebrais são as mais afetadas, infartos, aneurismas e isquemia ocorrem com frequência.

A presença de aterosclerose pode ser relacionada com sintomas como falta de ar, sudorese, fadiga, arritmia, palpitações e dores no peito. Sendo assim, quando tais manifestações ocorrem sem que outra causa seja conhecida, faz-se necessário procurar ajuda médica.

Tratamento da aterosclerose

A aterosclerose é tratada, na maioria das vezes, por meio de angioplastia por balão, que tem por objetivo ampliar o fluxo sanguíneo, ou por implante de stents, em que é colocado um pequeno tubo metálico (stent) que faz com que a artéria permaneça aberta. Também pode ser feito o uso de medicamentos.

Prevenção da aterosclerose

Para prevenir-se da aterosclerose, é fundamental manter um hábito de vida saudável, realizando exercícios físicos regularmente, não ingerindo alimentos ricos em gordura e sal e não fazendo uso de cigarros e álcool. Também é importante preocupar-se com outras doenças que são consideradas fatores de risco, como a obesidade, pressão alta e diabetes.

Curiosidade: Você sabia que na Islândia e Japão os índices de aterosclerose são relativamente pequenos? Isso acontece porque, nesses países, o estilo de vida e a alimentação são bastante diferentes do restante do mundo, que possui uma alimentação muito menos saudável. Além disso, estudos sugerem que isso pode ter relação com a composição genética dos indivíduos.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................