Bactérias gram-positivas e negativas

Identificação de bactérias pelo método Gram.
Identificação de bactérias pelo método Gram.
PUBLICIDADE


Através de procedimentos histológicos, foi desenvolvida em 1889, pelo microbiologista Hans Chistian Gram, uma técnica empregada em análise patológica para a identificação das bactérias.

Por aplicação da técnica, tendo como resultado a diferenciação no aspecto pigmentar, estes microorganismos causadores de doenças passaram a ser identificados em dois grupos básicos: as bactérias Gram-positivas e as bactérias Gram-negativas.

Para efetuar a distinção por esta metodologia, as culturas bacteriológicas são submetidas a um tratamento com corante de coloração violeta (violeta de genciana).

Tendo em vista a estruturação citológica das bactérias, isto é, de suas células, as bactérias podem apresentar características estruturais incomuns de acordo com a espécie. Algumas possuem além da membrana plasmática e a parede celular (formadas por elementos peptidoglicanos que integram a parede celular), uma terceira camada lipoprotéica de revestimento, de considerável espessura, contendo lipopolissacarídeos.

Tal diversidade bacteriana, quando aplicado à técnica, resulta em dois padrões de coloração:

- As bactérias que não possuem a camada com lipídios associados a polissacarídeos são coradas com violeta de genciana, que impregna a camada peptidoglicana. Estas bactérias, por assimilação ao corante, são classificadas como Gram-positivas;

- Já as bactérias que em sua morfologia apresentam as três camadas, não são coradas pelo corante, devido a não afinidade entre a pigmentação e a camada de lipopolissacarídeos, que também impede a fixação do corante com a camada de peptidoglicana subjacente. Portanto, essas bactérias são classificadas como Gram-negativas.

Este critério de identificação auxilia, por exemplo, o tratamento a estes agentes etiológicos (as bactérias), visto que as Gram-negativas são mais tolerantes e as Gram-positivas são mais sensíveis a antibióticos (penicilina).


Exemplos de bactérias Gram-negativas:

Pseudomonas aeruginosas – provoca infecções urinárias e respiratórias;

Escherichia coli – causa infecções urinárias e gastroenterites, agindo sobre o sistema digestório;

Vibrio colerae – bactéria que provoca a cólera.


Exemplos de bactérias Gram-positivas:

Clostridium tetani – causa tétano;

Staphylococcus aureus - provoca infecções nas vias respiratórias;

Streptococcus pneumoniae – causa pneumonia, desencadeando uma infecção pulmonar.


Por Krukemberghe Fonseca
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Albert Einstein
Descubra a biografia do maior gênio da humanidade. Leia já!

..................................................

Parto Cesariana
Quando a cesariana deve ser recomendada? Explore mais!

..................................................