Carboidratos

Os carboidratos são encontrados em vários alimentos
Os carboidratos são encontrados em vários alimentos
Por Paula Louredo Moraes
PUBLICIDADE

Os carboidratos, também chamados de glicídios, glucídios, hidrocarbonetos, hidratos de carbono e açúcares, são moléculas orgânicas constituídas por átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio, com função energética. São encontrados em inúmeros alimentos como frutas, cereais, raízes e tubérculos, leguminosas e mel.

Além da função energética, os carboidratos também têm função estrutural, pois participam da formação de estruturas dos seres vivos. Os carboidratos são classificados em monossacarídeos, dissacarídeos e polissacarídeos, de acordo com a organização e tamanho de suas moléculas.

Os monossacarídeos são moléculas simples classificadas de acordo com o número de carbonos que apresentam em suas estruturas. São eles:

  • Trioses (C3H6O3), três átomos de carbono;
  • Tetroses (C4H8O4), quatro átomos de carbono;
  • Pentoses (C5H10O5), cinco átomos de carbono;
  • Hexoses (C6H12O6), seis átomos de carbono, exemplo: glicose, frutose e galactose;
  • Heptoses (C7H14O7), sete átomos de carbono, exemplo: ribose e desoxirribose.

Os dissacarídeos são formados pela união de duas moléculas de monossacarídeos, são eles:

  • Sacarose (açúcar comum, encontrado na cana-de-açúcar e beterraba) formada pela união de uma molécula de glicose e outra de frutose;
  • Lactose (açúcar do leite, principal fonte de energia para o bebê durante a amamentação), formada pela união de uma molécula de glicose e outra de galactose.
  • Maltose (produzida durante a germinação das sementes), formada por duas moléculas de glicose.

Os polissacarídeos são carboidratos de cadeias longas (polímeros) formadas por milhares de moléculas de monossacarídeos (monômeros). Insolúveis em água, são encontrados como reserva de energia e como parte de estruturas do organismo. Alguns deles são:

  • Amido: encontrado nos vegetais, tem função de reserva de energia. Concentra-se nas raízes, mas pode ser encontrado no caule, como a batata inglesa e a mandioca.
  • Glicogênio: encontrado nos animais e fungos, tem função de reserva. Nos animais, concentra-se nos músculos e fígado, e, ao se alimentar, o fígado retira moléculas de glicose do sangue, une-as e as armazena em forma de glicogênio. Se o nível de glicose no sangue abaixar, automaticamente o fígado quebra o glicogênio em moléculas de glicose e o libera no sangue.
  • Celulose: encontrada principalmente nos vegetais. Participa da constituição da parede celular. Os animais não produzem a enzima celulase responsável por quebrar a celulose. Os animais herbívoros possuem bactérias e protozoários que conseguem digerir a celulose, por isso podem utilizar os vegetais como fonte de alimento. O ser humano não possui esses microrganismos no sistema digestório, mas o consumo dessas fibras é importante para estimular os movimentos do intestino.
  • Quitina: encontrada na parede celular dos fungos e no exoesqueleto dos artrópodes.

Os carboidratos também participam da estrutura dos ácidos nucleicos, RNA (ribose) e DNA (desoxirribose), importantes na transmissão das características hereditárias ao longo de gerações.


Por Paula Louredo Moraes
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

O que é força?
Você sabia que a força é um tipo de grandeza? Revise!

..................................................

Savanas
Fique por dentro dos aspectos que marcam essa vegetação.

..................................................