Como colocar a camisinha feminina

Camisinha: a melhor maneira de prevenir DSTs e a gravidez não planejada.
Camisinha: a melhor maneira de prevenir DSTs e a gravidez não planejada.
Por Mariana Araguaia
PUBLICIDADE

Excluindo a abstinência sexual, o uso da camisinha é a forma mais segura para se proteger de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Além disso, está entre os métodos mais confiáveis, e baratos (se tratando da masculina), de se prevenir uma gravidez não planejada.

Embora um grande número de pessoas saiba a importância do uso da camisinha, muitas delas têm dificuldades em utilizá-la, seja por preconceito ou por desconhecimento. Quanto ao primeiro caso, basta avaliar o custo-benefício desse método. Em relação ao segundo, já explicamos sobre como colocar a camisinha masculina e, agora, será explicado aqui como colocar a camisinha feminina.


Primeiramente, algumas informações são necessárias:

- A camisinha deve ser utilizada em todas as relações sexuais, sejam elas hétero ou homoafetivas; vaginal, anal ou oral.
- Ela não deve, jamais, ser reutilizada.
- Utilize-a somente se estiver dentro do prazo de validade, com a embalagem íntegra.
- Só adquira camisinhas que contenham o selo do Inmetro.
- Não recorra a lubrificantes que não sejam fabricados exclusivamente para esse fim.


Procedimentos:

A camisinha pode ser colocada até oito horas antes da relação sexual e, para tal, é necessário buscar uma posição confortável, como agachada, deitada, sentada e com as pernas afastadas uma da outra.

O primeiro passo é abrir a embalagem, utilizando somente as mãos; uma vez que dentes, tesoura ou qualquer outra estratégia diferenciada poderá rasgar o preservativo, tornando-o inutilizável.

Agora, segure a argola menor da camisinha (parte que não é vazada), pressionando-a de forma que adquira um formato de “oito”.


Nessa nova etapa, já na posição confortável, a mulher deve inserir na vagina a argola anteriormente manuseada, com auxílio do dedo indicador.


Depois, com o mesmo dedo, a camisinha deve ser empurrada para o interior desse canal o mais fundo possível, para que o colo do útero seja coberto. A argola maior, a vazada, deve ficar do lado de fora da vagina.

No caso da camisinha feminina, não há a necessidade de desenrolá-la.

Obviamente, a penetração deve ocorrer dentro da camisinha.

Depois da relação sexual, a camisinha deve ser retirada. Para tal, torça a argola externa sobre seu eixo, com a finalidade de não deixar o esperma escorrer; e puxe delicadamente sua outra extremidade.

Após tal etapa, por questões de higiene e saúde das pessoas que têm contato direto com o lixo das cidades; torça novamente a camisinha, permitindo que o sêmen fique retido ali.

Depois, embrulhe a camisinha com papel higiênico e jogue-a no lixo. Não a descarte em vasos sanitários, uma vez que é grande a probabilidade deste ficar entupido – e você, constrangida.


Observação importante:

A camisinha é distribuída, gratuitamente, em postos de saúde.


Por Mariana Araguaia
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Genocídio
O genocídio é considerado crime contra a humanidade?

..................................................

Ilusão de ótica
Descubra se há relação entre a ilusão de ótica e a matemática.

..................................................