Como escolher o método contraceptivo?

Muitas mulheres não sabem como escolher o método contraceptivo ideal e acabam utilizando apenas os mais conhecidos.

Qual é o método contraceptivo ideal?
Qual é o método contraceptivo ideal?
PUBLICIDADE

Quando falamos em métodos contraceptivos, sempre imaginamos os métodos mais conhecidos, tais como as camisinhas e pílulas anticoncepcionais. Entretanto, na maioria das vezes, não nos questionamos sobre o melhor método para cada casal, acreditando sempre que os métodos mais usados são os ideais.

Quando o assunto é prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis, a camisinha, inquestionavelmente, deve ser escolhida como método, pois ela é a única que confere proteção contra doenças. Entretanto, quando a prevenção é apenas contra uma gravidez indesejada, outras análises devem ser feitas.

1- Desejo de gravidez futura

Antes de escolher qualquer método, é importante analisar se há ou não o desejo de uma gravidez futura. Isso será essencial para escolher entre um método reversível ou irreversível. Nos métodos reversíveis, é possível restabelecer a fertilidade logo após a interrupção da técnica, diferentemente dos métodos irreversíveis, que, para reversão do quadro, necessitam de intervenção cirúrgica, mas esta nem sempre é eficaz.

Assim sendo, se o casal deseja ter um filho no futuro, o método contraceptivo a ser escolhido deverá ser reversível. Se o casal já apresenta filhos e não deseja ter outros, por exemplo, o método pode ser o irreversível.

2- Eficácia

Analisar a eficácia de um método é fundamental para avaliar os riscos de uma possível gravidez. Os métodos hormonais e irreversíveis tendem a ser mais eficazes que os métodos comportamentais, por exemplo. Entretanto, quando usados de maneira correta, todos os métodos garantem uma considerável proteção.

3- Efeitos colaterais

Apesar de bastante eficazes, alguns métodos desencadeiam alguns efeitos desagradáveis. As pílulas anticoncepcionais, por exemplo, garantem cerca de 99% de proteção, mas, em muitas mulheres, causam dores de cabeça, náusea, retenção de líquidos e até mesmo problemas tromboembólicos.

Assim sendo, analisar os problemas que determinado método pode causar é fundamental para escolher o contraceptivo ideal. Vale destacar, no entanto, que essa etapa da escolha deve ser feita com o médico, pois este deve indicar alguns exames essenciais para avaliar a saúde e possíveis efeitos causados por um determinado método.

4- Custo

Muitas pessoas escolhem o método contraceptivo sem se perguntar sobre os custos que ele pode gerar. Com exceção dos métodos comportamentais, todos os outros métodos geram algum custo ao usuário. Sendo assim, é importante verificar se a despesa com aquele método pode, no futuro, comprometer a renda, desencadeando a interrupção do uso e expondo a mulher ao risco de gravidez.

5- Dificuldade de uso e comprometimento do casal

Alguns métodos são difíceis de serem usados quando não se tem prática, como é o caso do diafragma. Métodos como esse necessitam de treinamento e nem sempre são colocados da maneira correta em um primeiro momento. A dificuldade de uso deve ser analisada, pois, se for considerada um problema, a técnica não deve ser adotada.

Outro ponto importante é o comprometimento do casal, pois nem sempre todos os envolvidos se sentem bem ao utilizar determinado método. No caso do coito interrompido, por exemplo, é fundamental que haja cumplicidade entre o casal, pois, se o homem não retirar o pênis antes da ejaculação, pode ocorrer uma gravidez indesejada.

Percebe-se, portanto, que a escolha do método não deve ser uma escolha precipitada, pois vários pontos devem ser analisados antes da adoção de uma técnica. Também é importante conversar com o parceiro sobre o contraceptivo ideal, pois, sem comprometimento, não há nenhum método realmente eficiente.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Terremotos: Brasil
Pode ocorrer terremotos no Brasil? Resolva essa dúvida!

..................................................

Radioterapia
A utilidade da radioterapia no tratamento de doenças. Saiba!

..................................................