Hepatite A

A hepatite A é uma doença viral transmitida pela via fecal-oral, de pessoa para pessoa ou pela ingestão de água e alimentos contaminados pelo vírus.

Lavar bem as mãos e os alimentos antes de consumi-los ajuda na prevenção contra a hepatite A
Lavar bem as mãos e os alimentos antes de consumi-los ajuda na prevenção contra a hepatite A
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

A hepatite A é uma doença viral causada por um vírus de RNA membro da família Picornaviridae, conhecido como VHA. É uma enfermidade que compromete o fígado e possui distribuição em todo o mundo, mas sua incidência é maior em áreas com pouco saneamento básico.

A hepatite A é transmitida pela via fecal-oral, de pessoa para pessoa ou pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Sendo assim, percebe-se que a doença está intimamente relacionada com a falta de saneamento básico de qualidade e condições precárias de higiene.

A forma mais comum de contrair-se a hepatite A é de pessoa para pessoa. Esse é um dos motivos pelos quais altos índices da doença são registrados em creches e em algumas instituições de repouso.

O indivíduo infectado, após um período médio de trinta dias, começa a apresentar sintomas. Entre as principais manifestações clínicas, estão urina escura, com cor semelhante a café, fezes esbranquiçadas, amarelamento das peles e mucosas (icterícia), cansaço, tontura, vômitos, febre e dores abdominais. Em alguns casos, a hepatite A pode ser assintomática ou apresentar sintomas bastante leves, dificultando assim o diagnóstico.

Observe o esquema do vírus da hepatite A, o VHA
Observe o esquema do vírus da hepatite A, o VHA

Em casos mais graves da doença, pode ocorrer hepatite fulminante, que se caracteriza por uma grave destruição do fígado logo no início da infecção, além de hemorragias em vários órgãos. Essa forma fulminante ocorre normalmente em menos de 1% dos casos.

Após realização do diagnóstico, que é feito através da detecção de anticorpos anti-VHA da classe IgM, inicia-se o tratamento do doente. Não há nenhuma medicação específica para o tratamento de hepatite A. Para completa recuperação, repouso e a realização de uma alimentação saudável são importantes. Não é recomendado que o paciente com hepatite consuma bebidas alcoólicas durante todo o período de recuperação e, se possível, até um ano após os sintomas. Seguindo todas essas recomendações, o paciente fica completamente curado.

A doença pode ser prevenida por meio da vacinação e de bons hábitos de higiene. É importante também que os governantes invistam na melhoria do saneamento básico e campanhas de conscientização.

Veja a seguir algumas dicas para proteger-se contra a hepatite A:

- Lavar sempre bem as mãos, principalmente antes de alimentar-se e após ir ao banheiro;

- Lavar bem os alimentos, principalmente quando for ingeri-los crus;

- Ter bastante cuidado ao alimentar-se de frutos do mar, evitando consumo caso não saiba a área onde foram coletados;

- Cozinhar bem os alimentos;

- Não adentrar em rios e lagos poluídos;

- Beber sempre água tratada ou fervida;

- Evitar alimentar-se de produtos que você não conhece a forma como foram feitos.

Tomando alguns cuidados simples, como a higiene, é possível proteger-se da hepatite A e de diversas outras doenças.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Imponderabilidade
Saiba o que é a sensação de imponderabilidade.

..................................................

Hepatite C
Fique atento(a) aos principais sintomas dessa doença viral.

..................................................