Importância dos insetos

Ao falarmos da importância dos insetos, logo lembramos o seu papel econômico. Entretanto, eles possuem importância ecológica, médica e até mesmo na resolução de crimes.

Em alguns lugares do mundo, comer insetos é um hábito comum
Em alguns lugares do mundo, comer insetos é um hábito comum
PUBLICIDADE

Todos nós, em algum momento, já nos deparamos com insetos, seja uma mosca, uma barata, uma lagarta ou até mesmo uma pulga. Apesar de, na maioria das vezes, imaginarmos uma situação desagradável, os insetos são importantes tanto ecológica quanto economicamente.

Primeiramente devemos pensar que os insetos fazem parte de inúmeras cadeias alimentares, servindo de alimento para animais como mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes. Caso os insetos fossem eliminados por completo de uma área, o desequilíbrio ecológico seria muito grande, pois afetaria uma grande quantidade de seres vivos. Vale destacar que, em algumas partes do mundo, os insetos são utilizados como alimento até mesmo por humanos.

Além do papel na cadeia alimentar, muitos insetos, tais como borboletas e abelhas, são fundamentais para a reprodução de algumas plantas. Os insetos são importantes polinizadores, ou seja, atuam transferindo o grão de pólen de uma planta para outra, garantindo sua fecundação. Estima-se que esses animais sejam responsáveis pela polinização de cerca de dois terços do total de angiospermas.

Além da importância ecológica, os insetos possuem importância econômica, sendo usados pelo homem para a produção de vários produtos. As abelhas, por exemplo, são criadas (apicultura) para a produção de mel, cera, própolis e geleia real, produtos cuja venda é altamente lucrativa. Outro inseto bastante utilizado é o bicho-da-seda, o qual produz um casulo do qual se retira o fio de seda.

Os insetos também possuem um papel importante no que diz respeito à criminalística. Os insetos necrófagos, que se alimentam de cadáveres, podem ajudar a obter informações a respeito do horário e local da morte de uma pessoa. Para isso, o pesquisador necessita apenas analisar as espécies ali encontradas e conhecer bem seus hábitos. É chamada de entomologia forense a técnica que relaciona insetos e outros artrópodes a detalhes de um crime.

Além dos benefícios, os insetos podem provocar alguns prejuízos para o homem. Esse é o caso dos gafanhotos, por exemplo, que destroem plantações inteiras. Outro inseto que provoca prejuízo aos agricultores é a mosca-da-fruta, que ataca a grande maioria das plantas frutíferas. Essa mosca realiza postura de ovos no interior da fruta, que posteriormente eclodem e dão origem a larvas que danificam o produto, tornando-o impróprio.

Alguns insetos possuem ainda importância médica, uma vez que provocam uma grande quantidade de doenças. Os mosquitos, por exemplo, são vetores de doenças graves para a população, tais como a malária, febre amarela, dengue, febre chikungunya e filariose. Além dos mosquitos, pulgas, piolhos, barbeiros e outros insetos provocam doenças nos humanos.

Vale destacar que esses artrópodes também causam doenças em outros animais. Um exemplo bastante comum é a presença de pulgas em cães e gatos, que pode desencadear reações alérgicas, anemia, verminoses e até mesmo estresse. A leishmaniose canina também é um exemplo de doença provocada por insetos que acomete o cachorro.

Podemos perceber, portanto, que os insetos, apesar de causarem transtornos algumas vezes, são responsáveis pelo equilíbrio dos ecossistemas, além de terem importância econômica.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................