Pelo

O pelo é uma estrutura queratinizada formada por três partes básicas: a cutícula, o córtex e a medula.

Observe as principais partes do pelo humano
Observe as principais partes do pelo humano
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

Todos os mamíferos apresentam corpo coberto por pelo em alguma fase da vida. Em humanos, não é diferente, essa estrutura é encontrada em quase toda a superfície do nosso corpo. O pelo é uma estrutura queratinizada que está relacionada principalmente com a proteção contra atrito, agentes externos e raios UV.

O pelo é composto por três partes básicas: a cutícula, o córtex e a medula. A parte mais externa é cutícula, que é formada por várias camadas de células sobrepostas sem pigmentos parecidas com escamas. Essa camada é fundamental para o pelo, pois é ela que protege a região do córtex contra a ação de produtos químicos, entre outros fatores.

Depois da cutícula, encontra-se o chamado córtex, que é formado por uma grande quantidade de células com aspecto de fibras responsáveis por 90% do peso do pelo. A cor do pelo é determinada pela menanina encontrada nessa porção do fio, que é proveniente de melanócitos localizados em uma região próxima à papila dérmica. A coloração é determinada por uma grande quantidade de fatores genéticos.

Na porção mais interior do pelo, encontramos a medula, que é formada por várias células dispostas lado a lado que contêm porções de ar entre elas. A estrutura do pelo varia de acordo com sua espessura, sendo que, em pelos mais finos, por exemplo, não encontramos a medula.

Chamamos de haste a parte do pelo que pode ser observada externamente, já a raiz é a parte que está situada no interior da pele, em uma região denominada folículo piloso. Os folículos pilosos são invaginações do epitélio que apresentam formato de taça de vinho invertida quando o pelo está em crescimento. Estima-se que, na pele humana, sejam encontrados cerca de cinco milhões de folículos pilosos.

Na base do folículo piloso está o bulbo, que contém a matriz germinativa, responsável pelo crescimento do pelo. Ela recobre uma papila formada de tecido conjuntivo que recebe o nome de papila dérmica, uma região onde encontramos uma grande quantidade de vasos sanguíneos e terminações nervosas.

Durante o crescimento do pelo, as células da matriz dividem-se e migram em direção à superfície da pele, sendo que progressivamente, durante sua ascensão, essas células vão se queratinizando. O ciclo capilar pode ser dividido em três fases distintas, crescimento, regressão e repouso. A fase de crescimento, também chamada de anágena, é responsável pelo aumento do crescimento do pelo e varia de acordo com fatores genéticos. Nessa fase, que é a mais longa do ciclo, a matriz está trabalhando continuamente. A fase de regressão, também chamada de catágena, caracteriza-se pela involução do folículo piloso (início da atrofia). Terminada essa fase, o folículo encontra-se completamente atrofiado (fase de repouso ou telógena) e ocorre a queda do pelo. Todo esse processo tem duração de cerca de cinco anos.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Soluções
Revise os seus conhecimentos sobre tipos de soluções.

..................................................

Olho humano
Conheça os nomes das estruturas que formam os olhos.

..................................................