Plantas invasoras

As plantas invasoras espalham-se de forma descontrolada por uma região, ameaçando as espécies nativas e a biodiversidade de uma área.

A mamona é um exemplo de planta invasora encontrada no Brasil
A mamona é um exemplo de planta invasora encontrada no Brasil
PUBLICIDADE

Definimos como plantas invasoras as plantas exóticas que, em seu novo ambiente, reproduzem-se de maneira incontrolável. Essas plantas representam um grande problema quando o assunto é biodiversidade, sendo consideradas uma grande ameaça. Como exemplos de plantas invasoras, podemos citar o eucalipto, alguns pinheiros, a mamona, a braquiária e o limoeiro.

Como as plantas tornam-se invasoras em um ambiente?

As plantas são organismos muito utilizados pela população, seja para consumo, seja para a ornamentação. Por essa razão, é frequente o fluxo de espécies de uma área para outra de forma intencional ou acidental.

Quando uma planta está desenvolvendo-se em um local diferente do seu lugar de origem, dizemos que essa planta é exótica ou introduzida. É comum que plantas introduzidas encontrem barreiras no novo ambiente, tais como a falta de polinizadores naturais ou mesmo a falta de dispersores para suas sementes. Porém, algumas plantas encontram nesses novos locais o ambiente perfeito para seu desenvolvimento e passam a se multiplicar e ocupar o espaço das plantas nativas. Surge, então, uma planta invasora.

As plantas invasoras causam danos ao ambiente?

Como qualquer ser vivo que é introduzido em um novo ambiente, as plantas invasoras alteram as relações naturais que existem naquele ecossistema. Essas plantas, por se multiplicarem demais, acabam competindo com as espécies nativas do local, o que pode causar a diminuição dessas espécies nativas. Com a diminuição de espécies de uma área, temos um caso de perda de biodiversidade local, um problema extremamente grave.

Características das plantas invasoras

Geralmente as plantas invasoras apresentam algumas peculiaridades que ajudam em sua rápida disseminação por uma área, a saber:

  • Grande produção de sementes;

  • Dispersão pelo vento;

  • Maturação precoce;

  • Crescimento rápido;

  • Capacidade de se adaptar em ambientes muito degradados.

Vale destacar que algumas plantas não apresentam essas características, mas encontram um local propício para seu desenvolvimento. Geralmente alguns locais são consideráveis mais suscetíveis à invasão, como áreas muito degradadas, áreas livres de herbívoros predadores de uma determinada espécie e parasitas e locais com biodiversidade reduzida.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................