Relógio biológico

Entender o que é relógio biológico contribui para a compreensão de como o nosso corpo consegue identificar os horários em que costumamos comer e dormir, por exemplo.

O relógio biológico é um sistema do nosso organismo que nos permite “medir o tempo”
O relógio biológico é um sistema do nosso organismo que nos permite “medir o tempo”
PUBLICIDADE

O corpo humano é uma máquina extraordinária em que todos os sistemas estão interligados e trabalham conjuntamente para permitir o seu funcionamento. Esses sistemas atuam de forma coordenada para nos fazer, por exemplo, sentir sono em determinadas horas e fome em alguns momentos do dia. Esses padrões de funcionamento do organismo existem por causa do relógio biológico.

O que é o relógio biológico?

O relógio biológico pode ser definido como um sistema capaz de “medir o tempo” que faz nosso corpo apresentar oscilações em suas funções periodicamente. Nesse sistema, o organismo humano funciona em uma rotina como se fosse capaz de contar o tempo.

Um exemplo disso é o sono. Se uma pessoa é acostumada a dormir às 21 horas em sua rotina normal, no dia em que ela passar a dormir às 23 horas, por exemplo, o corpo sentirá os impactos dessa mudança. Nos primeiros dias, essa pessoa pode não produzir como de costume. Alterações pequenas, normalmente, não causam grandes danos, porém, alguns estudos comprovam que pessoas com trabalho em regime de turno, por exemplo, podem desenvolver problemas como insônia, obesidade, ansiedade, depressão e problemas metabólicos. Alguns estudos sugerem ainda que alguns tipos de câncer possam ser ocasionados por mudanças no relógio biológico.

Quando o termo relógio biológico foi criado?

O termo relógio biológico foi criado e usado pela primeira vez na década de 1940 pelo cientista alemão Gustav Kramer. O pesquisador utilizou esse termo em um estudo sobre a migração das aves em que tentava explicar a existência de uma razão fisiológica a influenciar a ida desses animais para o norte no início da primavera.

O relógio biológico de todas as pessoas são iguais?

Cada pessoa tem seu próprio relógio biológico. Algumas pessoas são mais diurnas que outras, por exemplo. As pessoas mais noturnas demoram a sentir sono mesmo com a diminuição da luminosidade, diferentemente das pessoas mais matutinas, que são mais ativas durante o dia e apresentam sono muito mais cedo que as noturnas.

Vale destacar, no entanto, que as rotinas diárias podem fazer com que as pessoas tenham relógios biológicos similares. Normalmente, as pessoas que trabalham em empresas almoçam entre 12 h e 13 h. Isso acaba configurando o relógio biológico desse grupo de pessoas, mesmo contra a vontade de cada uma delas.

Assim sendo, o relógio biológico relaciona-se a processos internos, mas fatores ambientais externos, como nesse caso do horário fixo de almoço, podem influenciá-lo.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................