Rins

Os rins são órgãos responsáveis pela filtragem do sangue e pela formação da urina.

Os rins são importantes estruturas que estão relacionadas com a eliminação de substâncias tóxicas do organismo
Os rins são importantes estruturas que estão relacionadas com a eliminação de substâncias tóxicas do organismo
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

Os rins são dois órgãos do sistema urinário de extrema importância para o funcionamento do nosso organismo. Eles estão relacionados com importantes funções, destacando-se a eliminação de substâncias tóxicas e que estão em excesso em nosso organismo.

Principais características dos rins

Os rins possuem formato de feijão, aproximadamente de 10 cm a 13 cm e 150 g. São encontrados na região posterior do abdome. As extremidades superiores dos rins estão localizadas na altura da 10ª e 12ª costela torácica, e o rim direito é sempre mais baixo que o esquerdo, além de ser menor também em tamanho.

O rim tem uma porção convexa e outra côncava. Na região côncava, há o hilo, que é o ponto por onde entram e saem vasos sanguíneos. O sangue chega aos rins pela artéria real e sai do órgão pelas veias renais. É do hilo também que entram os nervos e saem os ureteres, canais por onde passam a urina formada nos rins, que vai em direção à bexiga, onde será armazenada.

O rim está envolto por três camadas de tecido: a cápsula verdadeira, a gordura perirrenal e a fáscia renal. A cápsula verdadeira, também chamada de cápsula fibrosa, é uma membrana lisa e fibrosa que se adere ao órgão. Logo acima dela, há gordura perirrenal e, mais externamente, a fáscia renal.

Observe as principais partes do rim
Observe as principais partes do rim

Internamente há duas regiões: córtex e medula. A zona cortical é a mais externa e é rica em glomérulos, o que dá a textura granulosa a essa região. Na zona medular são encontradas as pirâmides medulares, estruturas formadas pelos ductos que coletam a urina formada nos néfrons. Essas pirâmides apresentam base voltada para o córtex e o ápice voltado para o hilo.

O ápice de cada pirâmide termina em uma papila renal, que se abre no cálice menor, que, por sua vez, abre-se no cálice maior e, posteriormente, na pelve renal. A pelve renal nada mais é do que uma estrutura ampla que recolhe a urina formada nos néfrons e a leva para os ureteres.

Néfrons: Unidades funcionais dos rins

Os rins apresentam os néfrons como unidades funcionais. Existem cerca de 1 a 4 milhões de néfrons nos rins, sendo eles os responsáveis pela filtração do sangue e formação da urina. Cada néfron é formado por uma parte dilatada chamada de cápsula renal, que apresenta no seu interior o glomérulo renal, e pelo túbulo néfrico. Este apresenta três regiões distintas: túbulo contorcido proximal, alça néfrica e túbulo contorcido distal.

O que acontece quando os rins não funcionam?

Algumas vezes os rins perdem sua função, sendo necessário realizar procedimentos que impeçam o comprometimento de outros órgãos. Nesses casos, pode-se realizar o transplante renal ou a diálise, procedimento que garante a retirada de substâncias tóxicas do organismo. Na técnica da diálise, o objetivo não é tratar a doença que acomete os rins, mas, sim, garantir que as funções desempenhadas por esse órgão continuarão sendo realizadas.

Curiosidade: Os rins filtram todo o sangue de nosso copo cerca de 12 vezes por hora.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Teoria do Caos
Acesse e entenda o que essa curiosa teoria defende.

..................................................

Níveis tróficos
Conheça o papel de cada nível trófico na cadeia alimentar.

..................................................