Datas comemorativas

As datas comemorativas funcionam também como um marco na memória coletiva das populações
PUBLICIDADE

As datas comemorativas revestem-se de importância por representarem o esforço de se manter vivo na memória coletiva algum acontecimento ou homenagem com certa relevância social. Geralmente, essas datas são instituídas pelo Estado e incluídas em um calendário oficial. As consideradas mais significativas dentro da cultural nacional geralmente são transformadas em feriados, que podem ser municipais, estaduais ou nacionais.

Dentre as datas comemorativas, muitas têm um caráter marcadamente político. É o caso das comemorações de emancipações municipais, momento em que os munícipios conquistam uma autonomia administrativa, ou ainda os fatos importantes na formação política de um país, o que no Brasil pode ser percebido nas comemorações do dia da Independência, em 07 de setembro, e da Proclamação da República, em 15 de novembro. Entram nessa definição política também as datas que rememoram heróis construídos em torno de simbologias ou de representatividade de sentimentos coletivos, cujo exemplo mais notório no país é o de Tiradentes, construído como ícone da independência nacional.

No aspecto social, as datas comemorativas servem também para marcar momentos de resistência contra a opressão e exploração. Exemplos são encontrados no 1º de Maio, dia do Trabalhador, que lembra a morte de operários na cidade de Chicago, EUA, quando lutavam pela jornada de trabalho de oito horas diárias; o 08 de março, dia Internacional da Mulher, que também tem por origem o assassinato de operárias que lutavam por melhores condições de trabalho e redução da jornada de trabalho, o que resultou na morte de mulheres que estavam em greve em Nova Iorque, EUA, em 1857; há o 20 de novembro, quando no Brasil se comemora o dia da Consciência Negra, lembrando a morte de Zumbi dos Palmares, ocorrida em 1695, e a resistência dos africanos contra a escravidão e a opressão a que estão submetidos ainda hoje.

Por ser um país que durante muito tempo foi formado majoritariamente por adeptos do catolicismo, há no Brasil inúmeras datas que remetem a personagens dessa religião. Além dos inúmeros dias de santos, que dão origem a festas de tradições folclóricas, como as festas juninas, há vários feriados nacionais relacionados à religião, como o Natal, em 25 de dezembro, o dia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, e a Páscoa, realizada em datas estipuladas em consonância com o calendário litúrgico da Igreja Católica.

Várias profissões têm um dia para comemorar sua função no mundo do trabalho. Pode-se citar o dia do professor, em 15 de outubro, o dia do gari, em 16 de maio, e o dia do tenista, em 09 de junho.

Até sentimentos têm datas especiais de comemoração, como o dia internacional da amizade, comemorado em 20 de junho, e o dia dos namorados, que no Brasil ocorre em 12 de junho. Esta última data, o dia das mães e o dia dos pais tornaram-se importantes datas no comércio nacional, em virtude do volume de mercadorias que são comercializadas como presentes.


Por Tales Pinto
ARTIGOS DE "Datas comemorativas"
Confira os artigos da seção Datas comemorativas
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Pôde ou pode?
Será que apenas uma das expressões está correta?

..................................................

Migrações
Revise os seus conhecimentos sobre esse assunto. Clique!

..................................................