21 de Janeiro – Dia Mundial da Religião

O Dia Mundial da Religião é celebrado em 21 de janeiro desde 1949. A data foi sugerida pela comunidade bahá'i.

O Dia Mundial da Religião é comemorado em 21 de janeiro
O Dia Mundial da Religião é comemorado em 21 de janeiro
PUBLICIDADE

Poucas pessoas têm ciência de que há um dia mundial da religião, isto é, um dia para celebração de todas as religiões universais. Esse dia é 21 de janeiro. A criação dessa data partiu de uma iniciativa da Comunidade Bahá'i em uma de suas Assembleias Espirituais Nacionais, que ocorreu em 1949. Desde então, o Dia Mundial da Religião vem sendo comemorado. Mas qual é o propósito dessa data? E o que vem a ser a Comunidade Bahá'i?

A Fé Bahá'i, ou comunidade Bahá'i, é uma religião derivada das pregações de Bahá'u'lláh, um líder religioso persa que viveu de 1817 a 1892. Bahá'u'lláh julgava-se um profeta que veio para suceder diretamente os principais profetas das religiões universais, como Moisés, Abraão, Krishna, Zaratustra, Buda, Jesus Cristo e Maomé. Seus ensinamentos consistiam em levar a paz para todos os povos e tornar evidentes os elos positivos que tornam todas as religiões harmônicas entre si. Os seguidores de Bahá'u'lláh formaram a fé bahá'i e conceberam o seu profeta como aquele que completa o destino de todas as religiões.

As assembleias espirituais, a nível nacional e local, são as formas de organização da comunidade bahá'i, que conseguiu disseminar-se por todo o globo. No Brasil, o primeiro núcleo da fé bahá'i formou-se na cidade de Salvador, na Bahia, no ano de 1921, na época da vinda para cá de Leonora Holsapple, membro da comunidade Bahá'i dos Estados Unidos da América.

Os bahá'i têm em vista que o Dia Mundial da Religião coloca-se como uma oportunidade para se refletir sobre o preconceito e a intolerância religiosa, bem como traçar perspectivas para superá-los. A crença nos ensinamentos de Bahá'u'lláh dá aos membros da fé bahá'i uma dimensão ecumênica e global da religião, o que poderia, segundo eles, produzir uma união global de todas as tradições com vista à paz universal.

Essa pretensão de unidade universal das religiões, entretanto, pode ser encarada como algo que oferece risco às especificidades de cada religião. Toda religião universal implica dogmas próprios e está atrelada a uma tradição muito bem formatada. Qualquer perspectiva de uniformidade globalista pode ser complicada nesse sentido. Um exemplo de crítica a esses projetos de “Religião Mundial” pode ser constatado na obra do americano Lee Penn, intitulada False Dawn: the united religions initiative, globalismo, and the quest for a one-world religion*.

Contudo, o Dia Mundial da Religião pode suscitar grandes e valiosas discussões tanto sobre o papel das tradições religiosas no mundo globalizado quanto sobre o futuro de cada uma dessas tradições.

* Em tradução livre: “Falso alvorecer: a iniciativa das religiões unidas, o globalismo e a busca por uma única religião mundial.”. Este livro de Lee Penn foi publicado pela editora Sophia Perennis, em 2004, na cidade de Hillsdale, NY, USA.


Por Cláudio Fernandes
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................