Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos, ou Olimpíadas, surgiram na Grécia Antiga e constituem o maior evento esportivo mundial.

As Olimpíadas são realizadas de quatro em quatro anos, sempre em um país diferente*
As Olimpíadas são realizadas de quatro em quatro anos, sempre em um país diferente*
Por Lorraine Vilela
PUBLICIDADE

De origem grega, as Olimpíadas constituem o maior evento esportivo da atualidade. Reúnem 39 modalidades desportivas e mais de 200 delegações, totalizando mais de 12 mil atletas na disputa pelas medalhas de ouro, prata e bronze para seus países.

Mitologia

A origem da simbologia dos Jogos Olímpicos está diretamente ligada à Mitologia Grega. Em 2500 a.C., Hércules, filho de Zeus, teria criado um festival esportivo em Olímpia com o objetivo de homenagear seu pai, o deus de todos os deuses.

A Chama Olímpica é acesa na Grécia, berço dos Jogos Olímpicos**
A Chama Olímpica é acesa na Grécia, berço dos Jogos Olímpicos**

Criação

Em termos históricos, os Jogos Olímpicos surgiram ainda no século VIII a.C., também na Grécia. O evento era realizado na cidade de Olímpia, por isso, o nome "Olimpíadas". Os primeiros jogos foram realizados em 776 a.C. e eram dedicados aos deuses.

Foi nesse período que se instituiu a prática dos jogos de quatro em quatro anos, sempre nos meses de julho e agosto, em razão da situação climática da Grécia. Nas primeiras Olimpíadas, em 776 a.C., um temporal impediu que grande parte das competições fosse realizada, o que despertou a atenção para a necessidade de se fixar uma época do ano para o evento.

As competições contavam apenas com atletas gregos de diferentes Hélades (cidades-estado) e não era permitida a presença de mulheres. Nas treze primeiras Olimpíadas, a corrida era a única modalidade esportiva praticada. Com o passar dos anos, uma modalidade semelhante ao pentatlo moderno (salto, arremesso de disco, lançamento de dardo, corrida e luta) e o boxe foram acrescentados.

A premiação não era o foco dos jogos, já que os vencedores não ganhavam medalhas ou troféus. Eram dadas aos competidores com melhores colocações coroas com folhas retiradas de oliveiras, em alusão à crença de que Hércules teria iniciado tal tradição, ainda em 2500 a.C. Foi nesse período que os ganhadores começaram a ter seus nomes registrados.

As Olimpíadas, desde seu início, estão relacionadas com a união de diferentes povos e o uso do esporte como forma de promover a paz, já que os antigos povos gregos instituíam tréguas em guerras para competir nos Jogos Olímpicos.

Suspensão dos Jogos

Em 393 d.C., o imperador bizantino Teodósio I proibiu a realização dos Jogos Olímpicos. O festival esportivo foi considerado como culto pagão, indo contra o caráter cristão do Império.

A volta das Olimpíadas

Após séculos de esquecimento, as Olimpíadas ressurgiram, tendo novas modalidades esportivas e presença de atletas de diferentes nacionalidades. Os responsáveis pela retomada da celebração desportiva foram o Barão de Coubertin, Demetrius Vikelas e o arquiteto Giorgios Averoff, responsável pelo apoio financeiro aos jogos.

O Barão de Coubertin encabeçou o projeto da retomada dos Jogos Olímpicos na década de 1890. Ele acreditava que o esporte deveria ser praticado e estimulado pela sociedade contemporânea e ressaltava, ainda, a necessidade de uma celebração que unisse os povos e promovesse a paz.

O Barão apresentou sua ideia em um Congresso realizado em Paris, no ano de 1894, no qual estavam presentes educadores de diferentes países. Participantes gregos sugeriram que a Grécia fosse sede dos novos jogos.

Com a decisão pela realização dos jogos de quatro em quatro anos, de maneira unificada e com a presença de atletas de todo o mundo, foi fundado o Comitê Olímpico Internacional. Pierre foi eleito secretário-geral da instituição, enquanto o grego Demetrius Vikelas tornou-se presidente. Foi da Presidência a iniciativa de diminuir a expectativa de inauguração do evento de 1900 para 1896.

As primeiras Olimpíadas, após a retomada dos jogos, começaram em 6 de abril de 1896, em Atenas. O evento foi aberto pelo então rei da Grécia, George I. A estreia foi acompanhada por cerca de 60 mil pessoas. Os novos jogos contaram com 14 países e 241 atletas.

Em 1896, o Barão de Coubertin retomou a prática de acender a Pira Olímpica, fazendo alusão ao “fogo sagrado”. Além disso, o ressurgimento dos jogos trouxe consigo um símbolo utilizado até os dias de hoje: os anéis olímpicos, os quais apresentam cinco círculos entrelaçados representando os continentes, o que lembra a união das diferentes etnias e culturas em um só evento.

A premiação em medalhas foi uma das inovações do retorno das Olimpíadas
A premiação em medalhas foi uma das inovações do retorno das Olimpíadas

Foi em Atenas, ainda em 1896, que a premiação dos atletas passou a ser feita por meio de medalhas como as que conhecemos atualmente.

Jogos na Atualidade

Os Jogos Olímpicos são realizados de quatro em quatro anos, sempre em uma cidade-sede previamente escolhida por meio de votação no Comitê Internacional Olímpico (COI). As únicas suspensões da realização das Olimpíadas foram na Primeira e Segunda Guerra Mundial.

Os atletas que participam das Olimpíadas fazem parte das delegações, ou seja, conjuntos de competidores de diferentes esportes que representam um país.

Um momento muito popular das Olimpíadas é a abertura. Apesar de algumas modalidades terem início dias antes, é nessa festividade que se oficializa a realização dos jogos. O evento busca representar a cultura do país-sede por meio de encenações teatrais, shows, entre outros. É nessa ocasião que as delegações apresentam seus atletas por meio de um desfile. A Pira Olímpica é acesa no fim da comemoração.

Medalhas

Participar de uma Olimpíada é algo muito importante para quem é atleta profissional. Apesar do grande número de competidores, alguns países consagraram-se com delegações com muitos medalhistas, como é o caso dos Estados Unidos.

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos muda várias vezes ao longo do dia à medida que as competições são finalizadas e seus vencedores são conhecidos. No entanto, é possível fazer um ranking com os maiores medalhistas de todos os tempos, mesmo que algumas delegações tenham mudado (como é ocaso da antiga União Soviética).

Créditos das imagens:

*lazyllama / Shutterstock.com

**Ververidis Vasilis / Shutterstock.com


Por Lorraine Vilela
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Imponderabilidade
Saiba o que é a sensação de imponderabilidade.

..................................................

Hepatite C
Fique atento(a) aos principais sintomas dessa doença viral.

..................................................