Vôlei de Praia

Vôlei de Praia
Vôlei de Praia
Por Patrícia Lopes
PUBLICIDADE

O voleibol de praia, também conhecido por vôlei de praia, é uma variação do vôlei convencional, praticado na areia da praia em uma quadra dividida por uma rede. As equipes têm como objetivo fazer a bola passar sobre a rede, de forma a cair dentro do campo dos adversários.

O vôlei de praia é muito popular em diversos países, como Brasil e EUA. Evoluiu na década de 1920, a partir dos jogos de vôlei disputados socialmente nas praias de Santa Mônica na Califórnia, EUA. Passou a fazer parte do programa das Olimpíadas nos Jogos de Atlanta (EUA) em 1996.

A quadra do vôlei de praia possui 16 m de comprimento por 8 m de largura, sendo dividida por uma rede de 2,43 m de altura para competições masculinas e 2,24 m para competições femininas.

Nos Jogos Olímpicos a modalidade é disputada por duplas masculinas ou femininas. Já em outros campeonatos realizados por todo o mundo existem modalidades para equipes de dois a quatro atletas.

O vôlei de praia diferencia-se do convencional quanto às partidas disputadas em melhor de dois sets de 21 pontos cada, com pontos contínuos, sem vantagem. Em caso de empate 1x1, o set executivo é jogado em 15 pontos com a necessidade de, no mínimo, dois pontos de vantagem.

A primeira medalha de ouro na modalidade foi conquistada pela dupla brasileira feminina Jacqueline Silva e Sandra Pires.

Por ser praticado na areia, o vôlei de praia demanda mais esforço e os exercícios são mais intensos. O gasto calórico durante uma hora de jogo varia de 220 a 240 Kcal. A prática proporciona força muscular nos braços e pernas, além de beneficiar o sistema cardiovascular.


Por Patrícia Lopes
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Teoria do Caos
Acesse e entenda o que essa curiosa teoria defende.

..................................................

Níveis tróficos
Conheça o papel de cada nível trófico na cadeia alimentar.

..................................................