Ponte Tacoma Narrows

Em 1940, a ponte Tacoma Narrows entrou em colapso em virtude da ação da força do vento. O fenômeno da ressonância esteve envolvido nesse desastre.

Nova ponte em Tacoma Narrows, Washington – EUA
Nova ponte em Tacoma Narrows, Washington – EUA
Por Joab Silas da Silva Júnior
PUBLICIDADE

A ponte Tacoma Narrows foi construída entre os anos de 1938 e 1940 no condado de Pierce, Washington, nos Estados Unidos. A ponte era suspensa por cabos, tipo de estrutura denominada de pênsil, possuía dois pilares e tinha aproximadamente 1600 m de comprimento. Foi inaugurada em julho de 1940 e destruída em novembro do mesmo ano.

Por que a ponte caiu?

Na madrugada do dia 7 de novembro de 1940, fortes rajadas de vento foram detectadas na região da ponte. A força do vento sobre a estrutura fez com que ela iniciasse uma oscilação. No início da manhã, o vento estava com velocidade de aproximadamente 60 km/h e chocava-se com a estrutura da ponte de forma tão intensa que já era perceptível o surgimento de movimento na estrutura. A ponte movia-se com frequência de até 36 ciclos por segundo, gerando inclinações na parte central da estrutura de aproximadamente 8 m. Por volta das 11:00, toda estrutura entrou em colapso.

Veja o vídeo:

Durante muito tempo, o motivo da queda da ponte de Tacoma Narrows foi atribuído somente ao fenômeno da ressonância, em que a oscilação natural de estruturas mecânicas pode ser aumentada em virtude da ação de uma força externa. Segundo essa explicação, a força gerada pelo vento levou a estrutura da ponte a aumentar a sua amplitude de oscilação até atingir um valor máximo suportável pelo material. Quando a estrutura foi forçada além de sua capacidade, ocorreu o seu total colapso.

Atualmente, entende-se que a ressonância não foi o fator determinante para a destruição da ponte. Outra explicação diz que a força gerada pelo vento atuou sobre os diversos cabos que compunham a estrutura, de modo a alterar suas tensões. Assim, em um mesmo instante, um cabo poderia estar tensionado, e outro, relaxado, provocando o movimento oscilatório da ponte.


Por Joab Silas da Silva Júnior
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Herbário
Os herbários são importantes no estudo da biodiversidade?

..................................................

Neblina
Afinal, o que é a neblina e como ela se forma? Leia aqui!

..................................................