Coreia do Sul

A Coreia do Sul é um país em pleno desenvolvimento, mas ainda marcado pelas heranças históricas da Guerra Fria.

Bandeira da Coreia do Sul
Bandeira da Coreia do Sul
PUBLICIDADE

A Coreia do Sul é um país localizado na região leste da Ásia, na Península da Coreia, fazendo fronteira com a Coreia do Norte ao norte. O país é banhado pelo Mar Amarelo a oeste, que o separa da China, e pelo Mar do Japão, que o separa do território japonês a leste e sudeste. Possui uma área territorial de 99.900 km², com uma população de 48,5 milhões de habitantes, totalizando uma densidade demográfica de 486 hab/km², uma das maiores do mundo.

O relevo da Coreia do Sul – e, por extensão, de toda a Península Coreana – é amplamente montanhoso, fruto da formação geologicamente recente da área local. Mesmo assim, em partes das zonas oeste e sul, há planícies que favorecem as práticas agrícolas. As florestas são subtropicais e recobrem dois terços do território. O clima é o continental moderado, com invernos frios e verões mais quentes, com bastante influência das altitudes e da maritimidade.

Politicamente, desde a sua criação oficial em 1948, a Coreia considera-se como uma República Democrática, embora o seu primeiro presidente tenha exercido uma ditadura autoritária que perdurou por 16 anos. O período ditatorial perdurou até o ano de 1993, quando o fim da Guerra Fria e da “ameaça comunista” desobrigou o país a continuar com o regime autoritário, muito influenciado pelos Estados Unidos, que ainda hoje exercem certa soberania política na região.

No ano de 1950, teve início a Guerra das Coreias que durou até 1953. Após o término dessa disputa, que marcou um confronto de influências entre China e União Soviética, de um lado, e os Estados Unidos, do outro, as duas coreias consolidaram os seus territórios. Ainda hoje, existem as rusgas dessa rivalidade, que, frequentemente, provocam crises políticas e momentos de tensão na região. Os norte-coreanos continuam sendo apoiados pela China, enquanto, no Sul, os Estados Unidos exercem o seu domínio e poderio.

A economia da Coreia do Norte merece uma posição de destaque. O país é um dos quatro Tigres Asiáticos e, mesmo com as oscilações e quedas dos últimos anos, mantém um PIB elevado, uma industrialização altamente avançada e um nível tecnológico comparável ao das grandes potências mundiais. Inicialmente, o governo era mais interventor, guiando e intervindo diretamente no ritmo da economia, o que mudou nas últimas duas décadas.

Depois de uma crise econômica nos anos 1998/1999, o país reergueu-se e voltou a crescer, o que não durou muito nos anos subsequentes em razão da elevada dívida pública – ocasionada pelos empréstimos contraídos e pelo suporte oferecido a grandes empresas – e da grande crise financeira do capital intensificada em 2008. O país possui grandes multinacionais, como a LG, a Samsung e a Hyundai.

A Coreia do Sul, mesmo com eventuais oscilações, costuma estar sempre entre as 15 maiores economias do mundo, registrando um Produto Interno Bruto de US$1,1 trilhão em 2012. O principal setor que exerce peso na economia é o de serviços (57% da geração de riquezas), seguido pelo ramo industrial (40%) e pela agricultura (3%). A principal cidade é a capital Seul, que possui uma população próxima aos 10 milhões de habitantes.

Vista noturna da cidade de Seul
Vista noturna da cidade de Seul

Dados sobre a Coreia do Sul*

Localização: Península da Coreia, leste asiático

Extensão territorial: 99.900 km²

Capital: Seul

Idioma: Coreano

Moeda: Won

Presidenta: Park Geun-hye

Religiões: Protestantes (19,7%), católicos (6,8), budistas (23,3%), confucionistas (0,4%), sem religião (48%), outras (1%)

População: 48.588.326 habitantes

População residente em área urbana: 83,5%

População residente em área rural: 16,5%

Densidade demográfica: 486 hab/km²

Taxa de crescimento populacional: 0,385%

Taxa de natalidade: 10 por mil

Taxa de mortalidade: 5 por mil

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,909 (muito alto)

Expectativa de vida: 80,7 anos

População subnutrida: menor que 5%

Calorias consumidas: 3,250 Kcal/dia

População com acesso à água potável: 98%

População com acesso à rede sanitária: 100%

Produto Interno Bruto (PIB): US$ 1.129.598.000

PIB Per Capita: US$ 23.052

População Economicamente Ativa: 60,06%

Gastos públicos com educação: 5% do PIB

Gastos públicos com saúde: 4,1% do PIB

* Dados retirados do IBGE Países referentes ao ano de 2013.


Por Rodolfo F. Alves Pena
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................