Desmatamento na floresta amazônica brasileira: Principais causas e consequências

Atualmente, é grande o desmatamento na floresta amazônica, que vem cedendo espaço para lavouras e pastos, provocando diversos impactos ambientais.

Floresta amazônica, a maior floresta tropical do mundo
Floresta amazônica, a maior floresta tropical do mundo
PUBLICIDADE

A floresta Amazônica ocupa hoje uma área 6,5 milhões de km², revestindo nove países da América do sul (Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa) com a maior floresta tropical do mundo. Rica em biodiversidade e com uma grande quantidade de reserva de água doce, a Amazônia é muito importante tanto para os países em que está localizada quanto para o equilíbrio do meio ambiente mundial, mas, apesar disso, nas últimas décadas tem sofrido uma devastação gradativa que pode comprometer a existência desse importante bioma.

O Brasil possui a maior área dessa floresta, cerca de 85% da floresta Amazônica está no território brasileiro e, embora a floresta Amazônica brasileira seja o bioma mais preservado do Brasil, os índices de desmatamento são alarmantes. Estima-se que de 10% a 30% da área coberta pela floresta legal já tenha sido desmatada. Segundo o IBGE¹, somente entre os anos de 1997 a 2013 foram desmatados cerca de 248 mil km² da floresta no Brasil, que corresponde à, aproximadamente, área do estado de São Paulo. Outras estimativas acreditam que no ritmo de exploração atual a amazônia pode desaparecer quase totalmente em 40 anos.

A principal causa do desmatamento da amazônia é a ocupação de áreas de reserva florestal por diversas empresas estrangeiras e nacionais que são atraídas para a região por incentivos do governo, que visa dinamizar a economia da região norte, e que, por falta de fiscalização adequada, acaba por desmatar ilegalmente grandes áreas de reserva florestal. Como a região norte é a nova fronteira agrícola do país, as atividades econômicas relacionadas ao espaço agrário vem sendo as principais responsáveis pelo desmatamento da Amazônia.

Assim, em busca de um desenvolvimento econômico que favoreça uma pequena parcela da população e que não é revertido em qualidade de vida para a população, a floresta amazônica vai dando lugar a pastagens e lavouras. Provocando uma série de impactos para o meio ambiente do Brasil e do mundo, dentre eles estão:

  • a perda de biodiversidade, uma vez que várias espécies de plantas são desmatadas. Além disso, algumas espécies de plantas e animais não conseguem sobreviver nas pequenas áreas florestais que restam.

  • Impactos no ciclo hidrológico da região, uma vez que as árvores exercem uma função fundamental no processo de infiltração e percolação da água no solo.

  • Empobrecimento do solo exposto, que passa a ser mais lixiviado pela água.

  • Erosão, já que, em razão da exposição, o solo fica mais suscetível à ação da chuva e acaba sendo transportado com mais facilidade.

  • Modificação no clima mundial. As árvores são as grandes responsáveis pela absorção do gás carbônico da atmosfera, com o desmatamento aumenta-se a quantidade de CO2 na atmosfera, impactando assim o clima mundial.

    Dessa forma, é extremamente importante conter a ocupação e o desmatamento na amazônia, pois, mais do que o equilíbrio ambiental de um bioma, sua preservação contribui com o equilíbrio ambiental mundial.

Notas: ¹ SANTOS, Walter. Desmatamento na Amazônia equivale ao estado de São Paulo.


Por Thamires Olimpia Silva
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................