Geografia Econômica

A análise das relações econômicas
PUBLICIDADE

A ciência geográfica tem como principal objeto de estudo a análise da configuração espacial, abordando os elementos naturais e as relações sociais responsáveis pelas transformações no espaço geográfico. As relações socioeconômicas, por exemplo, interferem diretamente na organização do espaço, visto que elas modelam determinados lugares, modificam o meio, criam novos mercados, entre outros fatores.

Sendo assim, a Geografia Econômica surgiu como uma vertente para estudar as transformações espaciais promovidas pelas relações econômicas. Sua abordagem esclarece os fatores responsáveis pela condição econômica de um determinado local, enfatizando os elementos propícios para a instalação das indústrias (clima, disponibilidade de recursos naturais, relações políticas, mercado consumidor, etc.) e as consequências espaciais desse processo.

O campo de estudo da Geografia Econômica inclui a localização industrial, organizações internacionais, blocos econômicos, comércio internacional, agricultura, pecuária, atividades financeiras, modelos econômicos, desemprego, consumo, disparidades socioeconômicas, etc.

Ficou interessado no assunto? Então confira os artigos disponibilizados nessa seção e obtenha informações relacionadas à Geografia Econômica.

Boa leitura!
 


Por Wagner de Cerqueria e Francisco
ARTIGOS DE "Geografia Econômica"
Confira os artigos da seção Geografia Econômica
Início Anterior 1 2 Próximo Último
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Teoria do Caos
Acesse e entenda o que essa curiosa teoria defende.

..................................................

Níveis tróficos
Conheça o papel de cada nível trófico na cadeia alimentar.

..................................................