Produto Nacional Bruto (PNB)

O Produto Nacional Bruto (PNB) envolve as riquezas produzidas dentro e fora do país, mas não considera o lucro de multinacionais enviado para o exterior.

O cálculo do PNB envolve atividades econômicas internas e externas
O cálculo do PNB envolve atividades econômicas internas e externas
PUBLICIDADE

Em Economia, muitos termos técnicos são utilizados para designar determinados dados estatísticos ou indicadores de desempenho de países e instituições, o que gera muita confusão e dúvidas entre aqueles que não estão familiarizados com esse tipo de conceito. O Produto Nacional Bruto (PNB) é um termo importante, mas que nem sempre é compreendido.

É comum confundir PNB com PIB (Produto Interno Bruto), mas, na verdade, cada um desses termos é uma expressão diferente de uma mesma lógica. Há, portanto, que se compreender a diferença entre PIB e PNB.

O PIB, como já sabemos, é a soma de todas as riquezas produzidas por um país, servindo de indicador sobre o quanto se produz e o quanto se consome no país, movimentando a economia local.

Já o PNB representa um dado mais abrangente, pois enquanto o PIB se refere apenas à dinâmica econômica interna, o PNB é a soma de todas as riquezas produzidas mais o capital que entra no país e menos o capital que sai.

Portanto, polos de empresas brasileiras localizados em território estrangeiro contribuem apenas com o PNB, e não com o PIB. Por outro lado, empresas estrangeiras aqui instaladas, ao enviar suas remessas de capitais para o exterior, fazem com que esses lucros não sejam incluídos no PNB, mas apenas no PIB.

Existe, dessa forma, duas formas de representar o PNB, a saber:

PNB = PIB + capital que entra no país – capital que sai do país

ou

PNB = PIB + R1 + R2 - R3

R1 = royalties ou lucro das empresas brasileiras que atuam no exterior enviado para o Brasil;
R2 = recebimento de dinheiro externo (investimentos, pagamentos etc).
R3 = royalties ou lucro das empresas estrangeiras instaladas no Brasil enviado para o exterior.

É interessante observar que países desenvolvidos apresentam um PNB muito superior ao PIB, pois eles possuem um grande número de empresas multinacionais que atuam em várias partes do mundo. Por outro lado, países subdesenvolvidos e alguns emergentes possuem um PNB bem inferior ao PIB, pois, além de não possuírem muitas transnacionais, contam com um grande número de empresas estrangeiras instaladas em seus territórios, que enviam muitos royalties ou lucros para o exterior.

Além de ser um bom indicador da produção e recebimento de riquezas de um país, o PNB também é utilizado na produção de outro importante dado, a renda per capita, que nada mais é do que o PNB dividido pelo número de habitantes do país.


Por Rodolfo F. Alves Pena
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................