Taxas de natalidade e mortalidade

As taxas de natalidade e mortalidade, juntas, representam o índice natural de crescimento demográfico de uma determinada localidade com o passar do tempo.

Natalidade e mortalidade são importantes dados demográficos
Natalidade e mortalidade são importantes dados demográficos
Por Rodolfo F. Alves Pena
PUBLICIDADE

O crescimento natural ou vegetativo representa a evolução do aumento do número de habitantes de uma dada região sem considerar o saldo migratório, ou seja, é o crescimento populacional envolvendo somente os habitantes oriundos do território em questão. Assim, para conhecer e quantificar o crescimento demográfico de um dado lugar, utiliza-se o cálculo das taxas de natalidade e mortalidade.

Taxa de natalidade (TN): é o número de nascimentos anuais ocorridos em uma determinada região em relação à população local. Esse dado não inclui os chamados “natimortos”, aqueles que nascem mortos ou morrem logo após o parto. Geralmente, essa relação é representada em porcentagem (a cada 100 habitantes) ou em permilagem (a cada mil habitantes), sendo essa última a forma mais comum. Assim, temos que o cálculo da taxa de natalidade é:

TN = N x 1000
      P

*N é o número de nascimentos e P, a população total. Multiplica-se, no caso, por mil para obter os dados em permilagem.

Taxa de mortalidade (TM): é o número de óbitos anuais ocorridos em uma determinada região em relação à população local, também obtido em permilagem, o mais comum, ou também em porcentagem. O cálculo da taxa de mortalidade expressa-se dessa forma:

TM = M x 1000
       P

*M é o número de mortes anuais e P é a população total.

A diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade representa o crescimento vegetativo de uma dada localidade.

Exemplo: Em uma cidade, onde habitam 200 mil pessoas, houve em um ano uma incidência de 2750 nascimentos, além de 1830 óbitos. Calcule as taxas de natalidade, mortalidade e crescimento vegetativo (dados em permilagem).

Taxa de natalidade

TN = 2750 x 1000
            200000

TN = 13,75‰ – ou seja, nasceram cerca de 13 crianças para cada mil habitantes

Taxa de mortalidade

TM = 1830 x 1000
             200000

TM = 9,15‰ – ou seja, faleceram cerca de 9 pessoas para cada mil habitantes

Crescimento vegetativo

CV = TN – TM

CV = 13,75 – 9,15

CV = 4,6‰ – ou seja, houve um aumento natural de pouco mais de 4 habitantes para cada mil pessoas residentes na cidade.


Por Rodolfo F. Alves Pena
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Religião viking
Que tal conhecer aspectos interessantes dessa religião?

..................................................

Estrangeirismo
Afinal, estrangeirismo é mesmo necessário? Leia o nosso artigo!

..................................................