Dia da mentira

O dia da mentira está relacionado à mudança do calendário juliano para o calendário gregoriano, no século XVI.

Dia de pregar peça em pessoas.
Dia de pregar peça em pessoas.
Por Gabriela Cabral
PUBLICIDADE

Existem inúmeras hipóteses sobre o dia da mentira, porém a mais conhecida se originou no século XVI, na França, após a mudança do calendário até então utilizado na Europa. Nesse período, o calendário vigente era o juliano que iniciava o ano de acordo com o equinócio da primavera, o que ocorria entre 20 e 21 de março. Porém, essa data era arrastada até o primeiro de abril, quando oficializavam o início do ano.

Em 1582, o papa Gregório XIII reuniu especialistas com a finalidade de reformular o calendário juliano, o que demorou cinco anos para ser feito. Após esse período foi anunciado o calendário gregoriano que lentamente foi sendo aceito. Apesar do rei Carlos IX já ter simulado tais mudanças, ocorreu de fato somente após a Revolução Francesa, em 1789.

Como a troca de tais calendários foi feita em um processo lento, as pessoas que demoraram a aderir ao calendário gregoriano foram alvos de brincadeiras e chacotas, pois recebiam presentes estranhos, convites para casamentos falsos, velórios inexistentes e outros tipos de gozações.

Há quem defenda que o dia da mentira é uma antiga festa romana que pregava trotes nas pessoas na época do equinócio da primavera, o que ocorria antes da modificação dos calendários europeus.

O dia da mentira também recebeu o nome de dia dos bobos, pois as pessoas que eram alvos dos trotes eram chamadas de bobos, pois desconhecendo a real intenção dos convites que recebiam se arrumavam e iam até o destino informado e ao se deparar com nada, voltavam para casa certos de que eram vítimas do dia dos bobos.


Por Gabriela Cabral
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Vikings
Quais são as principais características desses povos?

..................................................

Eu lírico
Você sabe o que difere o eu lírico do autor literário?

..................................................