Diferença entre sunitas e xiitas

Entender a diferença entre sunitas e xiitas é essencial para se compreender bem o islamismo.

As diferenças entre xiitas e sunitas advêm da crise sucessória após a morte de Maomé
As diferenças entre xiitas e sunitas advêm da crise sucessória após a morte de Maomé
Por Cláudio Fernandes
PUBLICIDADE

Sabemos que uma das características mais conhecidas do islamismo é a divisão entre xiitas e sunitas. Esses segmentos estiveram em evidência, internacionalmente, em diversas ocasiões durante o século XX. O Irã é o país de religião muçulmana que detém a maior parte da população xiita do mundo – que, diga-se de passagem, é bem menor que a sunita. Os xiitas constituem cerca de apenas 16% de toda a população muçulmana. Mas como tiveram origem esses segmentos? Quais são as características de cada um deles?

  • Origem da dissidência entre os sucessores de Maomé

O fundador do islamismo, o profeta Maomé, morreu em 632 d.C. Ao seu posto, sucederam quatro califas (líderes espirituais e políticos) principais: Abu Bakr (632-634), Omar (634-644), Othmân (644-656) e Ali (656-661). O último deles, Ali, era primo e genro de Maomé. Foi durante o califado de Ali que houve a primeira crise grave no seio do Islã, já que o califa que o precedeu foi assassinado e o posto de sucessor do profeta foi reivindicado por Ali, que alegava os laços de parentesco. Contrapondo-se a Ali, Muawiyah, então líder muçulmano da Síria, também reivindicou a sucessão.

  • Assassinato de Ali e começo da dinastia Omíada

Ali e Muawiyah deram início à primeira guerra civil islâmica, em 657. Muawiyah propôs uma arbitragem a Ali, isto é, uma solução jurisdicional para o impasse, e Ali aceitou. Entretanto, a ação do Muawiyah provocou a revolta de grupos que antes o apoiavam, que passaram a ser dissidentes. Entre esses grupos, estavam os carijitas. Foi por um dos líderes carijitas que Ali foi assassinado em 661. Seu nome era Abd-al-Rahman ibn Muljam.

Com o assassinato de Ali, aqueles que acreditavam que os verdadeiros sucessores de Maomé estavam ligados à sua família passaram a seguir Hasan, neto de Maomé (filho de Fátima e Ali). Eles passaram a ser conhecidos como xiitas, pois esse termo deriva de Shî'atu 'Alî, que significa “partidário de Ali”. Os xiitas são, assim, considerados “ortodoxos” dentro do Islã, porque levam a questão da sucessão familiar à risca.

Já os seguidores de Muawiyah, ao contrário dos seguidores de Ali, deram mais ênfase à sunna, isto é, aos costumes, aos ensinamentos do profeta, anotados em uma série de escritos por vários discípulos. Por isso, passaram a ser conhecidos como sunitas (o termo deriva de sunna = ensinamentos). Foram esses seguidores que fundaram a primeira dinastia islâmica que veio a se propagar com força na Idade Média, a dinastia Omíada, com sede em Damasco, Síria.

NOTAS

[1] RODRIGUES, Manuel. O mundo árabe e islamismo. Palestra proferida no Instituto da Defesa Nacional no dia 25 de Fevereiro de 1980.


Por Cláudio Fernandes
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Herbário
Os herbários são importantes no estudo da biodiversidade?

..................................................

Neblina
Afinal, o que é a neblina e como ela se forma? Leia aqui!

..................................................