Holanda e o início do iluminismo

Exemplar da Enciclopédia, principal obra conjunta dos iluministas; e ao fundo Amsterdã, capital da Holanda
Exemplar da Enciclopédia, principal obra conjunta dos iluministas; e ao fundo Amsterdã, capital da Holanda
Por Leandro Carvalho
PUBLICIDADE

A Holanda surgiu como Estado autônomo a partir da unificação de sete províncias que se rebelaram contra o poder espanhol no século XVI. Diante disso, essas províncias passaram a integrar uma federação independente, no ano de 1588.

A federação passou a se chamar Holanda, nome que depois passou a designar o conjunto das Províncias Unidas dos Países Baixos. Essas províncias, em contraposição ao sistema econômico feudal que prevalecia na Europa e às formas de governos baseadas nas monarquias absolutistas, adotaram a República como principal forma de governo.

Com a implantação da República, a federação começou a ter autonomia para deliberar sobre assuntos que diziam respeito às questões internas de cada província.

Na Holanda não existia a intolerância religiosa presente no restante do continente europeu. Lá prevalecia, sobretudo, a liberdade de crença. Assim, a Holanda se tornou símbolo da liberdade religiosa. É importante ressaltar que nessa época, na Europa, a intolerância religiosa entre católicos e protestantes provocava grandes conflitos, em razão da Reforma Protestante e da Contrarreforma Católica no século XVI.

Dessa maneira, podemos compreender os motivos que fizeram diversos filósofos, poetas, artistas e intelectuais europeus se refugiarem na Holanda, país que garantia a liberdade de expressão e a prática da racionalidade científica e que, assim, ajudou a difundir, principalmente naquele momento, as origens do pensamento iluminista na Europa.

Os principais filósofos, cientistas e intelectuais iluministas que se refugiaram na Holanda, em virtude das perseguições religiosas, e que naquele país desenvolveram suas teorias e pensamentos, foram os ingleses John Locke e Isaac Newton e o francês René Descartes, considerados os precursores do iluminismo europeu no século XVII. Eles possibilitaram que Montesquieu, Diderot, Voltaire, entre outros, desenvolvessem o ápice do pensamento iluminista no século XVIII.


Por Leandro Carvalho
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

O que é força?
Você sabia que a força é um tipo de grandeza? Revise!

..................................................

Savanas
Fique por dentro dos aspectos que marcam essa vegetação.

..................................................