Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Classificação dos verbos quanto à predicação

Tal modalidade se refere à transitividade verbal
PUBLICIDADE

O primeiro aspecto a que devemos nos ater é que “predicação” encontra-se relacionado ao predicado – elemento que constitui um dos termos essenciais da oração.  Desta forma, ao analisarmos o enunciado que segue, facilmente detectamos o termo em referência:


Os alunos elogiaram a proposta do diretor.
Assim, temos que:

os alunos – sujeito simples
elogiaram – verbo transitivo direto e indireto
elogiaram a proposta do diretor – predicado verbal
a proposta – objeto direto, uma vez que complementa o sentido do verbo elogiar, sem necessariamente estar preposicionado.   
do diretor – objeto indireto, pois também complementa o sentido do referido verbo, porém, com a presença da preposição (do).


Como nosso objetivo pauta-se pela análise da predicação verbal, optemos por subsidiar-nos no caso do verbo elogiar, visto que ele por si só não possui sentido completo, necessitando, portanto, de algo que o complemente. Desta forma, os complementos que a ele se atribui são denominados de objeto direto e objeto indireto, quando se tratar, obviamente, de verbos transitivos, ou seja, aqueles que trazem junto de si um verbo nocional – indicando uma ação.


Mediante tais pressupostos, é bem possível que tenhamos condições para aprofundarmos nossos conhecimentos no que tange ao intento proposto pelo título. Assim sendo, vejamos:


* Verbos intransitivos – são aqueles dotados de sentido próprio, ou seja, dispensam qualquer tipo de complemento.
Exemplos:


O garoto gritou desesperadamente.

Temos que o verbo “gritar” representa tal modalidade, pois se apenas disséssemos: o garoto gritou, o sentido estaria completo. O termo que o sucede funciona como um adjunto adverbial de modo – desesperadamente. 


*Verbos transitivos diretos – representam os verbos que necessitam de algum complemento, porém, sem a presença da preposição.


Destacamos as páginas rasuradas.

Temos que o termo em destaque representa o objeto direto -complementando o sentido do verbo “destacar”.  


* Verbos transitivos indiretos - são aqueles que requisitam complementos acompanhados da preposição.


Gostamos de sua amizade.

Constatamos que o termo em destaque constitui o objeto indireto, pois aparece acompanhado da preposição.


* Verbos transitivos diretos e indiretos – Integram o grupo daqueles que exigem tanto o objeto quanto o objeto indireto para se completarem.


Entregamos o trabalho para o professor.


Elegemos o primeiro termo como sendo o objeto direto, e o segundo, como o objeto indireto.


* Verbos de ligação – representam aqueles verbos denominados não nocionais, isto é, não representam uma ação, mas sim um estado a que se refere ao sujeito.


O amor é lindo.

Temos que “lindo” constitui uma característica relativa ao sujeito. Portanto, o verbo ser (no caso aparecendo flexionado - é) cumpre a função de ligar o sujeito a uma qualidade – denominada de predicativo do sujeito. 


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
Sistema de comentários indisponível no momento!
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Finanças
Fique por dentro dos cálculos de estimativa do valor atual.

..................................................

Geometria
Descubra como é feita a soma dos ângulos de um triangulo.

..................................................