Conectivos e o processo de estruturação do texto

Assim como os fios que compõem a trama do tecido, as palavras compõem o texto. O uso adequado dos conectivos é essencial para a construção de sentidos e para a coesão textual.

Os conectivos são como pecinhas de um imbricado quebra-cabeça: é preciso cuidado para escolher a palavra certa
Os conectivos são como pecinhas de um imbricado quebra-cabeça: é preciso cuidado para escolher a palavra certa
Por Luana Castro Alves Perez
PUBLICIDADE

Você sabe o que é um texto? Já parou para pensar sobre a origem dessa palavra?

A palavra texto, do latim textus, significa “maneira de tecer” ou “coisa tecida”. Por volta do século 14, a palavra adquiriu o sentido que hoje conhecemos - utilizamos o substantivo quando nos referimos ao “processo de estruturação de palavras”. Ao investigarmos a etimologia das palavras, podemos descobrir muito sobre elas. O que haveria então de comum entre o texto e o tecido? O que é um tecido, senão uma trama cuidadosamente constituída por fios? E o texto, não é uma combinação minuciosa de palavras unidas para a formação de um todo?

Pois bem, assim como os fios constituem o tecido, as palavras constituem um texto. Não basta dispô-las arbitrariamente no papel, sabemos que alguns cuidados devem ser tomados quando nos propomos a escrever um bom texto. Nesse processo, a coerência e a coesão são elementos indispensáveis: a coerência está relacionada com o campo das ideias, enquanto a coesão está relacionada com os elementos que estabelecem relações de sentido presentes na superfície do texto. Como pecinhas de um quebra-cabeça, os conectivos preenchem as lacunas estruturais: as conjunções conectam orações nos períodos compostos enquanto as preposições ligam um vocábulo a outro.

Os conectivos, quando empregados adequadamente, fazem toda diferença na estruturação da sequência de um texto, mas, não se engane, eles também podem, quando utilizados erradamente, provocar sérias alterações de sentido, comprometendo assim a legibilidade e inteligibilidade do texto. Dessa maneira, não basta decorá-los, é preciso observar a correlação entre os conectivos e as ideias expressas por eles. Observe:

Conectivo

Valor semântico

Exemplo

Assim

desse modo

 

Explicam, exemplificam e confirmam uma ideia expressa anteriormente.

Os conectivos são importantes para a estruturação do texto, desse modo, devem ser empregados de maneira adequada.

 

E

Anuncia uma progressão e evita a repetição de algo que foi dito anteriormente.

Os conectivos servem para conectar orações e ligar vocábulos.

 

 

Ainda

 

Serve para a inclusão de elementos.

Os conectivos atuam na superfície do texto, servindo, ainda, para melhorar suas relações de sentido.

Aliás, além do mais, além de tudo, além disso

Introduzem um argumento decisivo para desestabilizar um argumento contrário.

Conhecer os conectivos é importante, além disso, é preciso saber utilizá-los.

Isto é, quer dizer, ou seja, ou melhor, em outras palavras

 

Esclarecem e retificam o que foi dito anteriormente.

Os conectivos são como pecinhas de um quebra-cabeça, ou seja, preenchem lacunas estruturais de um texto.

Mas, porém, contudo, todavia, no entanto, entretanto

 

Marcam oposição clara entre dois argumentos e introduzem uma ideia relevante.

Os conectivos fazem toda diferença na estruturação da sequência de um texto, mas eles também podem provocar sérias alterações de sentido.

Embora, ainda que, mesmo que

 

Estabelecem ao mesmo tempo relações de oposição e concessão.

Ainda que saibamos uma infinidade de conectivos, é preciso saber a correlação entre esses elementos e as ideias defendidas no texto.

Pois

 

Quando apresenta valor explicativo, mostra a continuidade de um raciocínio. Entre vírgulas, apresenta valor conclusivo.

Os conectivos são essenciais, pois conectam os elementos do texto.

 

Os conectivos são, pois, imprescindíveis para o processo de coesão textual.

Porque, por isso que, visto que, uma vez que, haja vista que, em virtude de, devido a

 

Estabelecem relações de causa e consequência.

As relações de sentido do texto ficaram prejudicadas porque os conectivos foram empregados de maneira errada.

A fim de, para que, com o intuito de, com a intenção de

 

Estabelecem relações de finalidade.

Para que um texto seja coeso, alguns elementos devem ser empregados a fim de evitar falhas estruturais.

menos que, se, caso

 

Introduzem as condições para que um fato ocorra.

Caso não empregue corretamente os conectivos, as ideias de seu texto ficarão prejudicadas.

Agora que você já sabe a relação entre os conectivos e o processo de estruturação do texto, saiba que cada um deles apresenta uma situação de uso específica. Na dúvida, consulte nosso quadro e certamente encontrará o mais adequado para as relações de sentido que você pretende construir em seu texto.


Por Luana Castro Alves Perez
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

O que é força?
Você sabia que a força é um tipo de grandeza? Revise!

..................................................

Savanas
Fique por dentro dos aspectos que marcam essa vegetação.

..................................................