Pôde ou pode?

Pôde ou pode? Qual das duas formas está correta? A homonímia entre os dois vocábulos exige o emprego do acento circunflexo em um deles.

O Novo Acordo Ortográfico eliminou o acento diferencial entre palavras homônimas de muitos vocábulos, exceto dois casos
O Novo Acordo Ortográfico eliminou o acento diferencial entre palavras homônimas de muitos vocábulos, exceto dois casos
Por Luana Castro Alves Perez
PUBLICIDADE

Você sabe dizer qual das duas formas está correta?

Pôde ou pode?

Parece uma pergunta simples, mas muitas pessoas têm dificuldades na hora de usar a forma conjugada do verbo “poder”, isso porque existe a dúvida sobre o uso do acento circunflexo ou não. Na verdade, as duas formas existem e estão corretas, mas devem ser empregadas em situações distintas.

Como você já deve saber, na última reforma ortográfica da língua portuguesa, muitos acentos diferenciais entre palavras homônimas, isto é, palavras cuja escrita e pronúncia são as mesmas, foram eliminados. Contudo, dois acentos permaneceram (saiba mais sobre o verbo pôr), entre eles o acento circunflexo de pôde, indicando que o verbo “poder” está conjugado na 3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo. Observe o exemplo:

Sigo palavras e busco estrelas
O que é que o mundo fez
Pra você rir assim?
Pra não tocá-la, melhor nem vê-la
Como é que você pôde se perder de mim?

(Seguindo estrelas – Os Paralamas do Sucesso)

Os verbos, quando conjugados no pretérito perfeito do indicativo, indicam uma ação que ocorreu em um determinado momento do passado e que já foi terminada.

Sem o acento, pode, forma conjugada do verbo poder na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo, indica uma ação que ocorre no exato momento em que ela é narrada:

Se tudo pode acontecer
Se pode acontecer qualquer coisa
Um deserto florescer
Uma nuvem cheia não chover

Pode alguém aparecer
E acontecer de ser você
Um cometa vir ao chão
Um relâmpago na escuridão.

(Se tudo pode acontecer – Arnaldo Antunes)

Sendo assim, vale lembrar que o Novo Acordo Ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, não provocou nenhuma alteração entre as palavras pôde e pode, que continuam sendo diferenciadas pelo acento circunflexo. Portanto, fique atento para empregar adequadamente cada uma delas!


Por Luana Castro Alves Perez
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

O que é força?
Você sabia que a força é um tipo de grandeza? Revise!

..................................................

Savanas
Fique por dentro dos aspectos que marcam essa vegetação.

..................................................