Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Uso dos porquês

O uso dos porquês pode causar dúvidas em muitas pessoas, mas o emprego adequado dessas palavras é só uma questão de entender a sintaxe de nossa língua.

Cada porquê ocupa uma função sintática específica na frase
PUBLICIDADE

O uso do porquês é um aspecto gramatical que gera inúmeras dúvidas, e não são poucas as pessoas que se embaralham com isso na hora de escrever. Mas esse problema acaba aqui! Este texto tirará todas as suas dúvidas e apresentará todos os esclarecimentos sobre o emprego correto dos porquês.

As quatro formas, porque, por que, porquê, por quê, são possíveis no português, mas elas possuem funções morfológicas diferentes. Pensem comigo: se os porquês são diferentes morfologicamente, uma das formas de distinguirmos as situações de uso de cada um é ter em mente as suas classes gramaticais.

Vejam só:

Porque: é uma conjunção subordinativa causal ou explicativa que faz a união de duas orações. Sinônimos: visto que, uma vez que, pois.

Exemplos: Ela me disse isso ontem porque estava com raiva.

Carlos ligou para Lucinda porque gostaria de convidá-la para sair.

Mônica foi elogiada porque esteve atenta durante todo o curso.

Porquê: é um substantivo comum masculino. Ele deve sempre estar acompanhado de um artigo ou de um pronome. Sinônimos: razão, causa, motivo.

Exemplos:

Ela me disse o porquê dessa briga toda.

Você pode me dizer o porquê desse choro?

Me dê um único porquê para deixar você ir à festa.

Por quê: é a combinação da preposição por com o pronome interrogativo que. Ele sempre aparecerá no final de uma frase. Sinônimos: por qual razão, por qual motivo.

Exemplo:

A sentença está correta? Por quê?

Andar sozinha, por quê? Vai com outra pessoa.

Você ainda não terminou isso por quê?

Por que: há duas possibilidades de uso.

1) combinação da preposição por com o pronome relativo que e tem significado de pelo qual.

Exemplos:

O motivo por que tive aquele ataque é segredo.

Você sabe por que razão não conseguiu outro trabalho.

Ela sabe muito bem por que motivo você não apareceu no horário certo.

2) combinação da preposição por com o pronome interrogativo que e tem significado de por qual motivo, por qual razão.

Exemplos:

Ele gostaria de saber por que você o deixou.

Por que você deixou esta questão em branco?

Por que sua professora não ficará mais no colégio?

Perceberam as diferenças entre eles? Perceberam que classificá-los em suas classes gramaticais auxilia no emprego correto de cada um? Já que colocamos fim às dúvidas, agora, para vocês, o uso dos porquês não é mais um problema.


Por Mariana do Carmo Pacheco
Sistema de comentários indisponível no momento!
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Finanças
Fique por dentro dos cálculos de estimativa do valor atual.

..................................................

Geometria
Descubra como é feita a soma dos ângulos de um triangulo.

..................................................