Redação

Para escrever uma boa redação, é preciso ficar atento aos elementos da textualidade, bem como é indispensável o domínio das regras gramaticais da língua portuguesa.

Para melhorar sua redação, é preciso conhecer as técnicas que farão dela um texto coeso e coerente
PUBLICIDADE

Para você, o que significa escrever?

Escrever é organizar no papel nossas ideias, produzir e emiti-las por meio do código, que é a língua portuguesa. A palavra redação tem origem no latim, redactio, -onis, que é proveniente do latim redigo, -ere. Escrever e redigir são palavras sinônimas e denominam um exercício que, para muitas pessoas, pode transformar-se em um verdadeiro desafio. Há quem demonstre uma enorme habilidade com a modalidade escrita; há também quem considere o ato de escrever uma verdadeira tortura.

Somos falantes habilidosos: comunicamo-nos de maneira competente na modalidade oral e somos capazes de elaborar enunciados coerentes e coesos, emitindo, assim, uma mensagem que seja perfeitamente compreensível para o nosso interlocutor. Infelizmente, o mesmo não acontece quando o assunto é a modalidade escrita, que não conta com os mesmos recursos expressivos da língua falada, entre eles a entonação, as pausas e os elementos relacionados com a prosódia. Quando não conseguimos organizar as ideias de forma adequada na escrita, a comunicação, função primordial da linguagem, fica comprometida, rompendo assim o elo entre autor e leitor.

O que é preciso, então, para escrever bem? Para escrever bem, é indispensável que você conheça e domine as regras gramaticais da língua portuguesa. Não basta, contudo, conhecer apenas os elementos da sintaxe e da semântica, é preciso que você conheça também a linguística textual, área que se dedica ao estudo dos fatores de textualidade, entre eles a coerência, a coesão, os gêneros e tipos textuais, as intenções do discurso, a estrutura do texto, as diferentes formas de linguagem, os variados registros da língua, entre outros assuntos.

Além de dominar a língua em sua modalidade escrita, é fundamental também que você cultive o hábito da leitura, tipo de comportamento desejável para quem quer ser um bom autor. Não basta conhecer todas as regras da gramática da língua portuguesa, bem como todos os elementos que envolvem a textualidade, é preciso que você tenha repertório cultural, isto é, é preciso que você tenha uma ampla bagagem de leitura que lhe permita dispor de boas ideias e argumentos irrefutáveis. Quem lê mais conhece na prática o funcionamento da língua portuguesa, entende seus mecanismos e dispensa os famosos “decorebas”. Além disso, a leitura abre-nos um leque de possibilidades e transforma-nos em leitores críticos e pensantes.

Para que você se torne um bom autor, o Alunos Online preparou uma seção dedicada à Redação. Nela você encontrará diversos artigos que têm como principal objetivo discutir temas relacionados com a linguística textual e com a língua portuguesa em sua modalidade escrita, artigos que ensinarão várias técnicas de redação para fazer de você um escritor habilidoso e competente. Boa leitura e bons estudos!


Por Luana Castro Alves Perez
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Golpe Militar
Devíamos sentir saudades dos militares no poder? Descubra!

..................................................

Insetos
Qual a importância dos insetos para o ser humano? Estude já!

..................................................