Simplicidade na escrita

Uma boa redação não é a que usa palavras difíceis, mas é a que transmite o essencial de forma clara e adequada, por isso, a simplicidade na escrita é um fator de qualidade.

A beleza da flor está em sua simplicidade, o que gera admiração. Com o texto também é assim, pois a simplicidade na escrita é uma qualidade textual
A beleza da flor está em sua simplicidade, o que gera admiração. Com o texto também é assim, pois a simplicidade na escrita é uma qualidade textual
PUBLICIDADE

A redação é a grande preocupação dos candidatos, pois, para muitos, ela é considerada como a grande vilã. Entretanto, não precisa ser vista dessa maneira, o importante é conhecer os critérios que fazem com que o texto tenha qualidade, tais como: autonomia (capacidade de escrever de forma adequada), coerência (lógica entre as ideias), coesão (ligação entre os elementos), clareza e simplicidade. A seguir, trataremos deste último item como uma dos requisitos para a qualidade textual. 

Ruy Barbosa, um dos mais brilhantes intelectuais de sua época, muitas vezes é usado como sinônimo de um falar “difícil”. A seguir, serão apresentadas duas frases desse célebre jurista, político, diplomata, tradutor, filólogo e orador. Acompanhe:

De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”

“O advogado pouco vale nos tempos calmos; o seu grande papel é quando precisa arrostar o poder dos déspotas, apresentando perante os tribunais o caráter supremo dos povos livres.”

As expressões “ver triunfar as nulidades” e “arrostar o poder dos déspotas” não fazem muito sentido, não é mesmo? No entanto, se usarmos um vocabulário menos requintado, o objetivo do texto, que é a comunicação, será cumprido. Acompanhe as modificações: “ver a vitória da falta de capacidade” e “encarar o poder dos que exercem autoridade de forma arbitrária”. Agora ficou mais fácil, não é mesmo? Por isso, é muito importante optar sempre pela simplicidade na construção textual.

A redação deve ser escrita em linguagem formal, respeitando a norma culta, mas isso não é sinônimo de vocabulário rebuscado. Por isso, escreva de forma simples; mas, cuidado, simplicidade não é sinônimo de “pobreza no vocabulário”, portanto, nada de gírias, frases feitas (frases que são repetidas pelas pessoas, mas são vazias de significados) ou coloquialismos (expressões da língua falada). Ser simples no falar é utilizar uma linguagem de fácil entendimento, é saber adequar o vocabulário ao interlocutor, ao contexto, ao gênero textual e à intenção comunicativa.

As palavras muito difíceis podem fazer com que o leitor perca a linha de raciocínio, o que prejudica o texto. Além disso, períodos muito longos também devem ser evitados, pois prejudicam a coerência textual.

Em português, as frases podem apresentar-se de forma direta ou indireta. No primeiro caso, a ordem é sujeito + verbo + complementos, enquanto, no segundo, essa ordem é invertida e os complementos podem aparecer deslocados. Veja os exemplos:

  1. Encontrei alguns amigos na praça ontem à noite.
  2. Ontem à noite, encontrei alguns amigos na praça.
  3. Os senadores, ontem à noite, decidiram aceitar o projeto da presidente.
  4. Os senadores decidiram aceitar o projeto da presidente ontem à noite.   

Os enunciados dos exemplos 1 e 4 estão na ordem direta, enquanto o 2 e o 3 não, pois o adjunto adverbial está deslocado. Em uma produção textual, deve-se sempre buscar a qualidade, portanto, as orações na ordem direta são mais recomendadas por demonstrarem maior clareza nas ideias, o que consequentemente influenciará na coerência do texto.

Além disso, lembre-se de analisar também a colocação do adjetivo. Por exemplo, homem pobre é diferente de pobre homem, uma vez que, antes do substantivo, o adjetivo enfatiza-o, portanto, se essa não for a ideia, utilize o adjetivo após o substantivo. Modificar a posição do adjetivo não é considerado um erro, entretanto, essa deve ser uma escolha consciente para não transmitir ao leitor uma ideia equivocada.

Muitos candidatos acham que o que impressiona o avaliador é o uso de palavras rebuscadas (bastante aprimoradas), mas, na verdade, é exatamente o contrário, a simplicidade na escrita, a clareza e a força da argumentação são o que despertam o interesse do leitor pelo texto.

Você já passou pela experiência de ir a uma festa ou a um restaurante extremamente requintado e quando serviram a comida foi aquele desapontamento? É ruim quando as expectativas são frustradas, mas o que isso tem a ver com a escrita? No texto, é preciso que forma e conteúdo estejam em harmonia, caso contrário, a redação ficará artificial. Por isso, é importante cuidado no momento de escolher o vocabulário, lembre-se de que no texto, assim como na moda, o menos é mais.


Por Mayra Gabriella de Rezende Pavan
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Desnutrição
Fique por dentro das causas e sintomas desse problema.

..................................................

Monômios
Aprenda a resolver operações básicas com essas expressões.

..................................................