Alunos Online - Trabalhos Escolares e Educação




Esqueci minha senha

Concentração em quantidade de matéria ou em mol/L

A concentração das soluções pode ser calculada em termos de quantidade de matéria em mol por volume da solução
PUBLICIDADE

A concentração em quantidade de matéria consiste na relação entre a quantidade de matéria do soluto, expressa em mols, e o volume da solução em litros.

Dessa forma, a concentração em quantidade de matéria indica a quantidade de matéria presente em um litro da solução; por isso sua unidade é mol/L.

Essa grandeza das soluções químicas também é denominada molaridade, concentração molar, ou, ainda, concentração em mol/L. Essa última expressão e a que está sendo usada no título deste texto são as formas recomendadas pela IUPAC (União Internacional da Química Pura e Aplicada) e pelo SI (Sistema Internacional de Unidades).

Matematicamente, temos:

Fórmula matemática da concentração em mol/L

No entanto, em alguns problemas a quantidade de matéria é expressa em gramas e não em mol. Assim, é necessário fazer as devidas conversões ou utilizar a seguinte fórmula matemática deduzida abaixo:

  • Sabendo que a fórmula da quantidade de matéria (n1) é dada por:

n1 = m1
      M1

Onde:

m1= massa em gramas do soluto;
M1= massa molar do soluto em gramas por mol (g/mol).

  • Substituindo n1 na fórmula da concentração em mol/L, temos:

C = n1
V

Fórmula matemática da concentração molar

Vejamos um exemplo que pode ser resolvido trabalhando com a concentração em mol/L:

“Qual é a concentração em quantidade de matéria por volume de uma solução de cloreto de potássio que apresenta 18,5 g de KCl em 250 mL de solução?”

Primeiramente, para resolver esse problema, é necessário transformar o volume da solução de mililitros para litros:

1 L-----1000 mL
V ----- 250 mL
V = 0,25 L

Visto que não foi dada a quantidade de matéria em mols e sim em gramas, iremos usar a segunda expressão matemática mencionada no texto e substituir nela esses valores. A massa molar do KCl é conseguida olhando-se as massas atômicas de cada elemento numa tabela periódica e somando-se os seus valores:

M1(KCl) = 39,1 + 35, 5 = 74,6 g/mol

C = __m1___
       M1 . V

C = ___18,5 g_________
      74,6 g/mol . 0,25 L

C = 1,0 mol/L


Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Sistema de comentários indisponível no momento!
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Finanças
Fique por dentro dos cálculos de estimativa do valor atual.

..................................................

Geometria
Descubra como é feita a soma dos ângulos de um triangulo.

..................................................