Química Nuclear

PUBLICIDADE

Os primeiros fenômenos radioativos foram descobertos no final do século XIX. Esse conhecimento proporcionou ao homem descobrir ainda mais sobre a estrutura e o próprio núcleo do átomo.

Este panorama que se abriu revelou ao mundo a energia imensa que o átomo abriga e como ela poderia ser usada para o bem, como em construções de usinas elétricas para a geração de energia, na medicina de isótopos radioativos para o tratamento de câncer, bem como na indústria, na química, na agricultura, na geologia e na arqueologia.

No entanto, o mundo ficou assombrado com esta tremenda energia sendo usada para o mal, com a explosão de duas bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. Além de alguns acidentes radioativos que tiveram em Chernobyl, Goiânia e em Three-Mile Island. Sem contar, é claro, os perigos enfrentados com o lixo radioativo.


Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
ARTIGOS DE "Química Nuclear"
Confira os artigos da seção Química Nuclear
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Renda Per Capita
Saiba como esse indicador de desenvolvimento é calculado.

..................................................

Química
Três formas de expressar o coeficiente de solubilidade.

..................................................