Reações com óxidos duplos

Óxidos duplos são compostos binários formados por dois cátions de um mesmo elemento que estão combinados com o oxigênio. Eles são capazes de reagir com ácidos, bases e água.

Sais são substâncias que podem ser formadas nas reações com óxidos duplos
Sais são substâncias que podem ser formadas nas reações com óxidos duplos
Por Diogo Lopes Dias
PUBLICIDADE

As reações com óxidos duplos, substâncias pertencentes a uma das cinco classes dos óxidos (as outras quatro são os ácidos, básicos, neutros e anfóteros), são realizadas comumente com o objetivo de produzir bases e sais inorgânicos.

Para realizar esses processos químicos, são necessárias as seguintes substâncias como reagentes:

Reações de óxidos duplos com água

Quando um óxido duplo reage com água, ocorre a formação de duas bases inorgânicas, pois esses óxidos apresentam um caráter básico. Cada uma dessas bases é formada pela interação entre cada um dos cátions do metal, que forma o óxido duplo com o ânion hidroxila proveniente da água.

Y3O4 + H2O →Y(OH)a + Y(OH)b

Obs.: Os índices a e b representam a carga do cátion que estava presente no óxido.

Um exemplo é a reação entre o óxido duplo de manganês (Mn3 O4) e a água. Esse óxido é formado pelos cátions Mn+2 e Mn+3. Essa reação resulta nas seguintes interações:

  • Cátion Mn+2 com o ânion OH-1, que forma o Mn(OH)2;

  • Cátion Pb+3 com o ânion OH-1, que forma o Mn(OH)3.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 Mn3O4+ 4 H2O → 1 Mn(OH)2 + 2 Mn(OH)3

Reações de óxidos duplos com ácido

Quando um óxido duplo reage com um ácido qualquer, ocorre a formação de dois sais e água. Os sais são formados pela interação entre cada um dos cátions do metal, que forma o óxido duplo com o ânion do ácido.

Y3O4 + HX →YXa + YXb + H2O

Obs.: Os índices a e b representam a carga do cátion que estava presente no óxido.

Um exemplo é a reação entre o óxido duplo de chumbo (Pb3O4) e o ácido sulfuroso (H2S). Esse óxido é formado pelos cátions Pb+2 e Pb+4. O ácido apresenta o ânion sulfeto (S-2). Essa reação resulta nas seguintes interações:

  • Cátion Pb+2 com o ânion S-2, que forma o PbS;

  • Cátion Pb+4 com o ânion S-2, que forma o Pb2S4 ou PbS2;

  • Cátion hidrônio (H+) do ácido com o óxido O-2, que forma água.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 Pb3O4 + 4 H2S → 2 PbS + 1 PbS2 + 4 H2O

Reações de óxidos duplos com bases

Quando um óxido duplo reage com uma base qualquer, ocorre a formação de dois sais e água. Os sais são formados pela interação entre o cátion da base com cada um dos ânions formados pelo metal do óxido duplo.

Y3O4 + WOH → WYOa + WYOb + H2O

A tabela a seguir indica quais são os ânions formados por cada um dos metais que podem estar presentes em um óxido duplo.

Ânions formados por alguns metais presentes em óxidos duplos
Ânions formados por alguns metais presentes em óxidos duplos

Y3O4 + WOH → WYOa + WYOb + H2O

Um exemplo é a reação entre o óxido duplo de chumbo (Pb3O4) e o hidróxido de potássio (KOH). O chumbo presente no óxido forma os ânions plumbito (PbO2-2) e plumbato (PbO3-2). A base apresenta o cátion K+ e o ânion hidróxido OH-1. Dessa reação, resultam-se as seguintes interações:

  • Cátion K+1 com o ânion PbO2-2, que forma o K2PbO2;

  • Cátion K+1 com o ânion PbO3-2, que forma o K2PbO3.

Assim, a equação balanceada que representa a reação é:

1 Pb3O4 + 6 KOH → 2 K2PbO2 + 1 K2PbO3 + 3 H2O


Por Diogo Lopes Dias
DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Herbário
Os herbários são importantes no estudo da biodiversidade?

..................................................

Neblina
Afinal, o que é a neblina e como ela se forma? Leia aqui!

..................................................