Alunos Online


Brócolis

Brócolis são hortaliças ricas em nutrientes e que trazem uma série de benefícios ao organismo. O brócolis pertence à família das Brassicaceae e é originário do Mediterrâneo.

O brócolis (Brassica oleracea var. Italica), hortaliça originária do Mediterrâneo, pertence à classe Magnoliopsida, ordem Capparales e família Brassicaceae (Cruciferaceae). No Brasil, além do brócolis, são conhecidas e consumidas outras espécies da família Brassicaceae, como a couve-flor e o repolho.

Tipos de brócolis

O brócolis tem sua maior produtividade alcançada em locais com clima mais ameno. Entretanto, atualmente, encontramos cultivares (espécies melhoradas pelo homem) adaptados a outras localidades. Assim, o brócolis pode ser classificado de duas formas:

  • Brócolis de verão: cultivares adaptados a localidades com clima mais quente;

  • Brócolis de inverno: cultivares de regiões com clima ameno, visto que sua produtividade é prejudicada em temperaturas elevadas.

Existem também os cultivares híbridos, que podem ser cultivados em localidades tanto de clima ameno quanto de clima quente. É importante destacar que mesmo os cultivares de verão devem ter sua colheita evitada em horários muito quentes para que se preservem suas características.

Além dessa classificação dos brócolis conforme o clima, podemos classificá-los de acordo com as características de suas inflorescências (ramos que contêm flores). Assim, podemos classificar os brócolis de duas maneiras:

  • Brócolis tipo “cabeça” ou “inflorescência única”: é caracterizado principalmente por apresentar uma inflorescência central, compacta, de cor verde-escura e granulação fina;

  • Brócolis tipo “ramoso”: é caracterizado principalmente por apresentar inflorescências laterais, também de coloração verde-escura.

Leia também: Dicas para uma alimentação saudável

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tabela nutricional do brócolis

Atualmente, tem-se observado um aumento no consumo de brócolis. Isso se deve ao fato de o brócolis apresentar um alto teor nutritivo, além de propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas. Apresentamos, a seguir, uma tabela com alguns nutrientes presentes no brócolis. Os valores dispostos estão presentes em 100 gramas de inflorescência.

Nutrientes

Valores presentes em 100 g

Vitamina A

350 μg

Vitamina B

54 μg

Vitamina B2

350 μg

Vitamina C

82,7 mg

Potássio

325 mg

Cálcio

400 mg

Magnésio

25 mg

Ferro

15 mg

Pragas

Em geral, as brássicas (vegetais florais, como couve-flor, brócolis, repolho) possuem diversas pragas que podem causar problemas, como a deformação de folhas até a destruição de toda a lavoura, sendo essa causada por uma das pragas mais severas, a traça-das-crucíferas — Plutella xylostella (L.). Além da traça-das-crucíferas, podemos destacar também pragas como lagartas, pulgões, fungos, vírus, entre outras.

A traça-das-crucíferas é uma das pragas mais perigosas, podendo causar severas perdas em cultivos.
A traça-das-crucíferas é uma das pragas mais perigosas, podendo causar severas perdas em cultivos.

Essas pragas são causadoras de diversas doenças. Para exemplificar, podemos citar o míldio das brássicas, doença causada pelo fungo Hyaloperonospora parasitica. Esse fungo pode iniciar a infecção ainda nos cotilédones (primeiras folhas que surgem no embrião) e espalhar-se por toda a planta. Dentre as características dessa doença, podemos destacar a presença de manchas nas folhas, que evoluem para lesões, além de lesões nas inflorescências.

Leia também: Importância dos fungos

Importância econômica

Devido ao seu alto valor nutritivo, o brócolis tem apresentado um aumento significativo em seu consumo. Além disso, o consumo do brócolis ocorre praticamente por completo, o que torna vantajosa a sua comercialização. Embora a sua produtividade seja maior em climas amenos, nada impede que seja produzido em outras localidades, até mesmo pelo fato da existência dos cultivares de verão e dos cultivares híbridos.

O brócolis pode ser consumido de diversas formas. Suas folhas podem ser utilizadas, por exemplo, no preparo de sopas.
O brócolis pode ser consumido de diversas formas. Suas folhas podem ser utilizadas, por exemplo, no preparo de sopas.

Como preparar o brócolis?

O brócolis pode ser ingerido de diversas maneiras: crus (em saladas), refogados, assados. Podem também ser utilizados em recheios de tortas e salgados. No entanto, o brócolis possui substâncias que atrapalham a absorção de iodo, além de não ser indicado para o consumo cru por pessoas que apresentam problemas renais. Além disso, o brócolis, quando assado, tem sua acidez aumentada, podendo causar problemas dentários, se consumido dessa forma com frequência.

Assim, a melhor forma de se preparar o brócolis, evitando os problemas citados, é ingeri-lo cozido. Para isso, deve-se cozinhá-lo no vapor ou em micro-ondas, para preservar suas propriedades. Vale destacar que praticamente todas as partes do brócolis podem ser aproveitadas na alimentação.

O brócolis é uma hortaliça com alto valor nutritivo, além de apresentar propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas.

O brócolis é uma hortaliça com alto valor nutritivo, além de apresentar propriedades antivirais, antibacterianas e anticancerígenas.

Por: Helivania Sardinha dos Santos