Alunos Online


Cetáceos odontocetos

Por: Flávia de Figueiredo Machado Os golfinhos, as orcas e os cachalotes são alguns exemplos de cetáceos odontocetos

Os golfinhos, as orcas e os cachalotes são alguns exemplos de cetáceos odontocetos

Os Odontoceti ou odontocetos compreendem um grupo que, junto aos Mysticeti, forma as duas subordens dos Cetáceos. Os odontocetos são conhecidos como botos e golfinhos e são os cetáceos que apresentam dentes, que são mantidos pelo resto da vida na maioria das espécies. A dentição, que é permanente, é composta por dentes iguais (homodontia) e cônicos, que aparecem ao final da lactação. Uma exceção a esse padrão de dentição pode ser observada nos narvais (Monodus monocerus). Nesta espécie, o dente incisivo superior esquerdo, que é constituído de marfim, dos machos é especializado, apresentando forma pontuda comprida e em espiral, que pode chegar até 3 metros de comprimento, quase metade do tamanho do animal.

A maior parte dos odontocetos é constituída de pequenos cetáceos com um longo “bico” (rostro). Todos os odontocetos apresentam apenas um orifício respiratório externo, apesar de possuírem duas aberturas nasais no crânio.

A alimentação dos odontocetos é composta basicamente de peixes e crustáceos, contudo, os cachalotes (Physeter macrocephalus) se alimentam também de lulas e as orcas (Orcinus orca) possuem dieta mais variada, alimentando-se de outros animais marinhos, tais como tartarugas, pinguins, focas etc. Essas duas espécies são chamadas popularmente de baleias, devido ao seu tamanho, mas, na verdade, de acordo com suas características, são grandes golfinhos.

Esse grupo apresenta um especializado sentido de localização e comunicação, denominado de ecolocalização, que consiste na geração e emissão de curtos pulsos sonoros e na recepção de seus ecos após terem refletido em algum objeto. Os odontocetos conseguem estimar a distância do objeto analisando o tempo que o eco levou para retornar. A partir das mudanças no pulso sonoro, podem detectar o tamanho e a forma do objeto. A produção do som ocorre em uma série de sacos nasais localizados abaixo do orifício respiratório, em uma estrutura denominada bursa de singe. Esta estrutura está ligada a uma estrutura de direcionamento e propagação do som chamada melão, que corresponde à “testa” globosa dos golfinhos. A recepção do som é feita, principalmente, através de uma janela acústica localizada nas mandíbulas.

De acordo com Rice (1998), os odontocetos compreendem 11 famílias:

FAMÍLIA

ESPÉCIE

NOMES POPULARES

Ziphiidae

   
 

Berardius arnuxii

Baleia bicuda de Arnoux

 

Berardius bairdii

Baleia bicuda de Baird

 

Hyperoodon ampullatus­

Baleia bicuda de nariz de garrafa do norte

     
 

Hyperoodon planifrons

Baleia bicuda de nariz de garrafa do sul

     
 

Mesoplodon (14 espécies)

 
 

Tasmacetus shepardi

Baleia bicuda de Tasman

 

Ziphius cavirostris

Baleia bicuda de Cuvier

Physeteridae

   
 

Physeter macrocephalus

Cachalote

Kogiidae

   
 

Kogia breviceps

Cachalote pigmeu

 

Kogia sima

Cachalote anão

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Platanistidae

   
 

Platanista gangetica

Susu do Ganges

 

Platanista minor

Susu do Indus

Pontoporiidae

   
 

Pontoporia blainvillei

Toninha, franciscana

Lipotidae

   
 

Lipotes vexillifer

Baiji, golfinho do Yang-tse

 

Noephocoena phocoenoides

Marsopa sem dorsal

 

Phocoena (Australophocoena) dióptrica

Marsopa de óculos

 

Phocoena sinus

Vaquita

 

Phocoena phocoena

Marsopa do porto

 

Phocoena spinipinnis

Marsopa de dorsal espinhosa

 

Phocoenoides dalli

Marsopa de Dall

Monodontidae

   
 

Delphinapterus leucas

Beluga

 

Monodon monocerus

Narval

Iniidae

   
 

Inia geoffrebsis

Boto vermelho ou da Amazônia

 

Inia boliviensis

Boto vermelho ou da Amazônia

Delphinidae

   
 

Cephalorhynchus commersonii

Golfinho de Commerson

 

Cephalorhynchus eutropia

Golfinho negro

 

Cephalorhynchus heavisidii

Golfinho de Heaviside

 

Cephalorhynchus hectori

Golfinho de Hector

 

Steno bredanensis

Golfinho de dentes rugosos

 

Sousa teuszii

Golfinho corcunda do Atlântico

 

Sousa plúmbea

Golfinho corcunda do Índico

 

Sousa chinensis

Golfinho do Indo-Pacífico

 

Sotalia fluviatili

Boto cinza

 

Tursiops truncates

Boto, golfinho flipper

 

Tursiops aduncus

Golfinho flipper do Indo-Pacífico

 

Stenella attenuate

Golfinho pintado

 

Stenella frontalis

Golfinho do Atlântico

 

Stenella longirostris

Golfinho rotador

 

Stenella clymene

Golfinho rotador de bico curto

 

Stenella coeruleoalba

Golfinho listrado

 

Delphinus delphis

Golfinho comum

 

Delphinus capensis

Golfinho comum de bico longo

 

Delphinus] tropicalis

Golfinho comum da Arábia

 

Grampus griséus

Golfinho de Risso

 

Lagenodelphis hosei

Golfinho de Fraser

 

Lagenorhynchus albirostris

Golfinho de bico branco

 

Lagenorhynchus acutus

Golfinho de flanco branco do Atlântico

 

Lagenorhynchus obliquidens

Golfinho de flanco branco do Pacífico

 

Lagenorhynchus obscurus

Golfinho escuro

 

Lagenorhynchus autralis

Golfinho de Peale

 

Lagenorhynchus cruciger

Golfinho ampulheta

 

Lissodelphis peronii

Golfinho franco do sul

 

Lissodelphis borealis

Golfinho franco do norte

 

Peponocephala Electra

Baleia cabeça de melão

 

Feresa attenuata

Orca anã

 

Pseudorca crassidens

Falsa orca

 

Orcinus orca

Orca, “baleia assassina”

 

Globicephala melas

Baleia piloto de peitorais longas

 

Globicephala macrorhynchus

Baleia piloto de peitorais curtas

 

Orcaella brevirostris

Golfinho do Irrawaddy