Alunos Online


Ciclo de Calvin

O ciclo de Calvin é um processo que ocorre em organismos fotossintetizantes e garante a fixação do dióxido de carbono.

O ciclo de Calvin faz parte do processo de fotossíntese e é uma das reações que ocorrem na etapa conhecida como reações de fixação do carbono. Esse processo, descoberto por Melvin Calvin, representa uma das principais rotas de fixação de CO2 encontradas nos organismos fotossintetizantes.

Etapas do ciclo de Calvin

O ciclo de Calvin pode ser explicado em três etapas: fixação, redução e regeneração da RuBP. A seguir descreveremos resumidamente três voltas desse importante ciclo, que são o número de voltas necessárias para produzir uma molécula de gliceraldeído 3-fosfato.

O ciclo de Calvin pode ser dividido em três etapas básicas
O ciclo de Calvin pode ser dividido em três etapas básicas

  1. Fixação: Essa etapa, que é catalisada por uma enzima denominada de Rubisco (ribulose 1,5-bifosfato carboxilase/oxigenase), representa o início do ciclo de Calvin e destaca-se pela fixação de três moléculas de dióxido de carbono em três moléculas RuBP (ribulose 1,5-bifosfato). Essa combinação resulta na formação de três moléculas de um composto intermediário instável que rapidamente é quebrado em seis moléculas do composto 3- fosfoglicerato, denominado simplesmente de PGA.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  2. Redução: Na etapa de redução, as seis moléculas de PGA são reduzidas a seis moléculas de PGAL (gliceraldeído 3-fosfato). Esse processo ocorre em duas etapas. Primeiramente a enzima 3-fosfoglicerato quinase catalisa a transferência para o PGA de um fosfato proveniente de uma molécula de ATP. Essa reação é responsável por formar um composto denominado de 1,3-bifosfoglicerato. Na segunda etapa, elétrons são doados pelo NADPH na reação de redução do PGAL, que é catalizada pela enzima gliceraldeído 3-fosfato desidrogenase.

  3. Regeneração da RuBP: Na última etapa, são regeneradas três moléculas de ribulose 1,5-bifosfato e, para isso, são usadas cinco das seis moléculas de PGAL. Percebe-se, portanto, que o lucro do ciclo de Calvin é de uma molécula de PGAL, que pode ser usada, por exemplo, para a síntese de açúcar.

O ciclo de Calvin é uma das etapas da fotossíntese

O ciclo de Calvin é uma das etapas da fotossíntese

Por: Vanessa Sardinha dos Santos