Alunos Online


Ciclos de vida

Os ciclos de vida podem ser divididos em dois grandes grupos: haplobionte e diplobionte. O ciclo haplobionte pode ser ainda haplonte ou diplonte.

Assim como existe uma variedade de organismos vivos, diversos ciclos de vida podem ser observados. Os ciclos de vida correspondem a todas as fases do desenvolvimento de um ser, desde a formação do zigoto até a formação de novos gametas. Esses ciclos podem ser classificados a partir do número de cromossomos em uma célula somática de um indivíduo ou se no ciclo há a presença de adultos diploides e/ou haploides.

Ciclo haplobionte

O ciclo haplobionte é aquele em que se observa apenas uma geração adulta, ou seja, há apenas organismos haploides ou diploides.

Ciclo haplobionte haplonte

No ciclo haplobionte haplonte, o indivíduo adulto é haploide, ou seja, possui apenas um grupo de cromossomos (n). Nesse ciclo, o adulto produz gametas (n), que posteriormente se fundem (gameta masculino + gameta feminino), formando um zigoto diploide (2n). O zigoto, então, passa por processos de meiose, dando origem a células haploides que, por sua vez, originarão um adulto haploide (n) pelo processo de mitose. Nesse ciclo, apenas o zigoto é diploide, e a única forma adulta é haploide.

A figura abaixo representa de maneira simplificada o processo:

Observe as etapas do ciclo haplobionte haplonte
Observe as etapas do ciclo haplobionte haplonte

Ciclo haplobionte diplonte

No ciclo haplobionte diplonte, o adulto é diploide (2n) e é capaz de produzir gametas (n) por meiose. O gameta masculino e feminino fundem-se e formam um zigoto diploide (2n). O zigoto divide-se por mitose e forma um indivíduo adulto diploide (2n) capaz de produzir gametas (n). Percebe-se, portanto, que nesse ciclo apenas os gametas são haploides e a fase adulta é sempre diploide.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Observe abaixo um esquema resumido desse ciclo:

Observe as etapas do ciclo haplobionte diplonte
Observe as etapas do ciclo haplobionte diplonte

Ciclo diplobionte

No ciclo de vida diplobionte, observa-se a presença de duas gerações adultas: uma haploide e outra diploide. Nesse ciclo ocorre, portanto, alternância de gerações.

O ciclo diplobionte começa quando os gametas (n) fundem-se e formam um zigoto 2n. Esse zigoto sofre mitose e origina um adulto diploide (2n). O adulto produz células haploides (n) que darão origem a um novo adulto haploide (n). Esse adulto produzirá gametas (n), que se fundirão com outro, dando início ao ciclo.

Observe abaixo o esquema que representa de maneira simples esse ciclo:

Observe as etapas do ciclo diplobionte
Observe as etapas do ciclo diplobionte

ATENÇÃO: Muitos autores utilizam uma nomenclatura diferente da utilizada neste texto, portanto, é necessário atenção. Em alguns livros didáticos, o termo haplobionte haplonte é chamado somente de haplobionte; o termo haplobionte diplonte é chamado de diplobionte e, por fim, o ciclo diplobionte é chamado de haplodiplobionte.

União de gametas forma zigotos

União de gametas forma zigotos

Por: Vanessa Sardinha dos Santos