Alunos Online


Citoplasma

Por: Mariana Araguaia Delimitação do citoplasma

Delimitação do citoplasma

As células, de maneira geral, apresentam membrana, núcleo (ou nucléolo) e citoplasma. Este último foi outrora reconhecido unicamente como um fluido no qual o núcleo se insere: o citosol, constituído por água, íons e substâncias nutritivas diversas, possui também ribossomos e, em muitos casos, estruturas membranosas de funções diferenciadas, como síntese, transporte e armazenamento de substâncias (as chamadas organelas citoplasmáticas).

No citoplasma de seres procarióticos, em sua maioria, encontramos o nucléolo, ribossomos e plasmídeos (moléculas circulares de DNA, geralmente relacionadas à resistência química) e ausência de estruturas delimitadas por membranas. Já nos eucarióticos, estão presentes, além das organelas:

- inclusões citoplasmáticas: estruturas sem membrana, temporárias e, geralmente, relacionadas à reserva de energia para as atividades celulares.

- citoesqueleto: é constituído de três tipos de filamentos proteicos, que são os microtúbulos, microfilamentos e filamentos intermediários. Os primeiros atuam no sentido estrutural, mantendo o formato celular e a disposição interna das organelas, formam o fuso mitótico e meiótico, e também participam da organização dos centríolos, cílios e flagelos. Microfilamentos são responsáveis pela sustentação, contração e distensão celular e também pelas cicloses, pelos movimentos ameboides e estrangulamento do citoplasma de células animais, ao fim da divisão celular. Finalmente, os filamentos intermediários protegem as células quanto a tensões e também auxiliam na sustentação do núcleo e organelas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quanto aos processos de obtenção de energia, temos como protagonistas o citosol, juntamente com mitocôndrias e, no caso de plantas e alguns protistas, os plastos e cloroplastos.

Assim, fica claro quão equivocada estava a ideia de que o citoplasma era apenas um fluido, estático, cuja função se restringia somente à proteção do núcleo celular.


Aproveite para conferir a nossa videoaula sobre o assunto: