Alunos Online


Divisão do sistema nervoso periférico

Por: Paula Louredo Moraes O SNPA parassimpático possui nervos raquidianos e cranianos, enquanto o SNPA simpático possui apenas nervos raquidianos

O SNPA parassimpático possui nervos raquidianos e cranianos, enquanto o SNPA simpático possui apenas nervos raquidianos

O corpo humano faz muitos movimentos, que podem ser voluntários ou involuntários. Os movimentos voluntários, como andar, sorrir e mudar a expressão facial, são resultantes da contração dos músculos estriados esqueléticos, que estão sob o controle do sistema nervoso periférico voluntário, também chamado de sistema nervoso periférico somático. O SNP voluntário é formado por neurofibras motoras que levam os impulsos do sistema nervoso central aos músculos estriados esqueléticos. É esse sistema nervoso que controla os estímulos provenientes do ambiente externo.

Já os movimentos involuntários, como os batimentos do coração, os movimentos peristálticos, entre outros, são controlados pelo sistema nervoso periférico autônomo, conhecido também como sistema nervoso periférico involuntário ou sistema nervoso periférico visceral. Esse sistema nervoso controla as atividades dos sistemas digestório, cardiovascular, urinário e endócrino. O SNP autônomo tem neurofibras motoras que levam impulsos aos músculos lisos e ao músculo estriado cardíaco, controlando, dessa forma, os movimentos involuntários.

O sistema nervoso periférico autônomo, de acordo com o tipo de nervo que possui, pode ser dividido em sistema nervoso periférico autônomo simpático e sistema nervoso periférico autônomo parassimpático.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O SNPA simpático é composto por nervos raquidianos que partem do meio da medula, ou seja, das regiões torácica e lombar da medula espinhal. Já o SNPA parassimpático é composto por nervos cranianos que partem do encéfalo; e por nervos raquidianos, que partem da extremidade final da medula espinhal.

O neurotransmissor liberado pelos nervos do SNPA simpático é a noradrenalina, e por vezes a adrenalina; enquanto o neurotransmissor dos nervos do SNPA parassimpático é a acetilcolina.

O modo como cada sistema age irá depender, pois as neurofibras nervosas simpáticas e parassimpáticas regulam os mesmos órgãos, mas sempre agem em oposição, sendo que enquanto uma estimula, a outra inibe. Por exemplo, o coração é estimulado pelo SNPA simpático, mas é inibido pelo SNPA parassimpático, enquanto que na musculatura do tubo digestório o SNPA simpático inibe e o SNPA parassimpático estimula a peristalse.

Para facilitar seu estudo do sistema nervoso periférico, veja o esquema a seguir:

Esquema da divisão do sistema nervoso periférico
Esquema da divisão do sistema nervoso periférico