Alunos Online


Gonorreia, hanseníase, leptospirose, febre tifoide e maculosa

Gonorreia, hanseníase, leptospirose, febre tifoide e maculosa são doenças bacterianas que causam sintomas agressivos. A melhor forma de evitar essas doenças é a prevenção.

Por: Mariana Araguaia Pacientes acometidos pela hanseníase.

Pacientes acometidos pela hanseníase.

- Febre maculosa: A Rickettsia rickettsii é responsável por este mal. Ela é hospedeira do carrapato-estrela e causa, no ser humano, febre alta, vômito, dores musculares e de cabeça e manchas vermelhas pelo corpo, podendo causar a morte. Evitar caminhar em locais onde há infestação destes carrapatos ou, caso seja inviável, utilizar roupas adequadas, como mangas longas, calça e bota e tratar os animais domésticos são maneiras de se evitar a febre maculosa.

- Febre tifóide: Causada pela Salmonella thypi. Provoca úlceras intestinais, diarréia, cólica e febre e pode ser prevenida pelo uso de vacinas e condições de saneamento básico satisfatórias.

- Gonorréia: Esta DST é causada pela Neisseria gonorrhoeae e provoca feridas genitais, com sangramento, podendo causar infertilidade. Evitar contato sexual com parceiros acometidos por este mal, higiene íntima e o uso da camisinha são maneiras de evitar o contágio. Evitar parto normal, caso a mãe esteja doente é uma forma de prevenir transmissão à criança.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

- Hanseníase: Transmitida pelo bacilo de Hansen (Mycobacterium leprae) através da pele e trato respiratório. Provoca lesões na pele, mucosas e nervos, deixando essas regiões menos sensíveis.

- Leptospirose: Causada pela Leptospira interrogans. Ratos e cães podem portar a bactéria e, desta forma, alimentos e objetos que entraram em contato com a urina destes pode transmitir a doença ao ser humano. Os pacientes apresentam febre alta, dores musculares e de cabeça, náusea, vômitos, lesões na pele, inflamação e aumento do fígado e hemorragia digestiva. Prevenção de enchentes (época mais comum para sua ocorrência) e tratamento do lixo e da água são maneiras de evitar a doença.