Alunos Online


Fósseis

Os fósseis são importantes para conhecermos como era a vida nos tempos da Pré-História, que seres habitavam o planeta e como era o ambiente.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos Um fóssil pode fornecer informações a respeito de como era o planeta há milhões de anos

Um fóssil pode fornecer informações a respeito de como era o planeta há milhões de anos

Os fósseis (do latim fossilis, que significa extraído da terra) são restos de seres vivos ou evidências da sua existência que foram preservados. A preservação pode ocorrer tanto em rochas (normalmente sedimentares) quanto em outros materiais, como gelo e âmbar (resina). O estudo dos fósseis é chamado de paleontologia.

Apesar do que muitos pensam, não são apenas ossos que são fossilizados. Plantas inteiras, pólen, esporos, dentes e espinhos, por exemplo, podem ser preservados. Além disso, rastros, pegadas e fezes são considerados fósseis, mesmo que nenhuma parte do organismo esteja presente. Costuma-se considerar fóssil apenas materiais datados com mais de 11.000 anos. Quando possuem idade inferior, são denominados subfósseis.

A parte do organismo fossilizada é chamada de restos, e a marca de sua passagem pela Terra, de vestígios. Normalmente os restos envolvem partes duras e resistentes, uma vez que a preservação de partes moles é bastante complicada, pois elas geralmente são preservadas graças à desidratação ou estão no interior do âmbar ou gelo.

A preservação de partes moles em âmbar, por exemplo, pode fornecer muitos mais informações do que aquelas em que há a incorporação de partes duras à litosfera. Em alguns fósseis, já foram encontrados tecidos e até mesmo fragmentos de DNA. Isso, sem dúvida, permite um estudo mais preciso a respeito das características daquele organismo.

Os vestígios, como dito anteriormente, dizem respeito às evidências de que determinado ser vivo esteve naquele local. Nesse tipo de fóssil, podemos incluir os moldes, impressões, rastros, pegadas, tocas e fezes. Apesar de nenhum ser vivo estar fossilizado, esses fósseis provam sua existência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As pegadas fossilizadas são vestígios da existência de algum ser vivo
As pegadas fossilizadas são vestígios da existência de algum ser vivo

A preservação não é simples como se imagina. Para que um fóssil seja formado, é essencial que os restos do organismo, por exemplo, não sejam decompostos e nem sirvam de alimento para outros seres, como os carniceiros. Para um fóssil ser formado, o material em questão não pode sofrer a ação de micro-organismos, de outros seres e nem mesmo do oxigênio, que pode degradar algumas partes. Sendo assim, após a morte de um ser vivo, ele deve ser rapidamente soterrado por sedimento, ser envolvido por âmbar ou, quem sabe, congelado.

Os fósseis guardam importantes informações sobre as formas de vida que eram encontradas em determinada época e como a evolução atuou nesses organismos. Além disso, com um estudo detalhado dos fósseis, podemos descobrir como era o planeta há milhões de anos, como era a atmosfera, se aquele local era um rio ou mar, entre outras inferências. Economicamente, os fósseis são usados principalmente na indústria do petróleo e do carvão.

Se você quer saber mais sobre o assunto, clique aqui e descubra os diferentes tipos de fossilização!


Videoaula relacionada: