Alunos Online


Geotropismo

Por: Krukemberghe Fonseca A interferência de fatores externos no crescimento dos vegetais.

A interferência de fatores externos no crescimento dos vegetais.

O geotropismo ou também chamado de gravitropismo, representa o crescimento vertical de uma planta em resposta a estímulos da força gravitacional, sendo regulado pelo fitormônio auxina (hormônio vegetal) relacionado ao crescimento.

Quando o efeito ocorre a favor (no mesmo sentido) do estímulo causado pela gravidade, dizemos que o tropismo é positivo (gravitropismo +), e o contrário, quando o efeito ocorre em oposição ao estímulo, temos um tropismo negativo (gravitropismo-).

Dessa forma, o crescimento caulinar normalmente possui um tropismo negativo, afastando-se do solo e desenvolvendo-se contra a gravidade. Enquanto o crescimento radicular manifesta um tropismo positivo, crescendo em profundidade no solo, acompanhando a gravidade.

Através de um experimento simples, podemos observar a demonstração da influência da gravidade sobre os tecidos meristemáticos apicais, no extremo do caule e da raiz, procedendo da seguinte forma:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Colocando uma planta em posição horizontal, é possível notar após alguns dias, uma leve curvatura do caule em direção superior, ou seja, afastando-se do solo. Enquanto a raiz inclina-se em direção inferior, aproximando do solo.

Isso se deve à concentração de auxinas distribuídas no meristema primário. Quando a estrutura de um vegetal se encontra em posição horizontal, as auxinas por ação da gravidade, se deslocam para a porção mais inferior:

- No caule, a maior concentração de auxina promove o seu crescimento;
- Na raiz, a maior concentração de auxina inibe o seu crescimento.

Dessa forma, o lado inferior do caule se desenvolve mais do que o superior, efetuando uma curvatura para cima, e na raiz o lado superior se desenvolve mais do que o inferior, projetando-se para baixo.