Herbários

Os herbários podem ser definidos como o conjunto de espécimes vegetais armazenados e organizados de acordo com um sistema de classificação.

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Os herbários fornecem informações sobre a biodiversidade
Os herbários fornecem informações sobre a biodiversidade
PUBLICIDADE

Denominamos de herbário o conjunto de espécimes vegetais devidamente secos e prensados que estão organizados de acordo com um sistema de classificação taxonômico, como o APG. Esses conjunto de espécimes pode ser usado como fonte de estudo e consultas pela sociedade.

Para que serve um herbário?

O herbário tem como função principal abrigar pequenas porções da biodiversidade. Por meio dele, podemos conhecer todas as plantas de uma região detalhadamente, uma vez que cada espécime deve estar precisamente classificado e com suas características amplamente detalhadas. Percebe-se, portanto, que o herbário é um importante banco de dados. Além de serem importantes em pesquisas botânicas, os herbários passaram a fornecer material para pesquisas genéticas, uma vez que documentam uma grande variabilidade de uma área.

Vale destacar que um herbário pode mostrar como a flora de uma região modificou-se através do tempo e como a biodiversidade diminuiu. Sendo assim, conhecer as plantas de um herbário pode ajudar na criação de planos de conservação.

O que é uma exsicata?

Nos herbários, as plantas estão guardadas em formas de exsicatas, que são uma forma documental de armazenar vegetais. As exsicatas são feitas a partir de plantas previamente prensadas e secas em estufas, que, posteriormente, são fixadas em papel e devidamente classificadas.

O processo de criação de uma exsicata é bastante simples. Após estarem desidratados, os fragmentos do vegetal, preferencialmente com flores e/ou frutos, são colocados em um papel, que varia de acordo com cada herbário. Normalmente esses fragmentos são colocados em um pedaço de cartolina. Após o material vegetal estar devidamente costurado ou colado ao papel, é feita uma etiqueta com as informações relevantes, tais como cor das folhas e das flores, tamanho do vegetal, local de coleta, quem coletou e época do ano. Essas informações são importantes para que outros pesquisadores tenham dados sobre a biodiversidade local e conheçam os locais onde determinada planta pode ser encontrada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Uma exsicata bem feita pode permanecer viável por vários anos, servindo de material de estudo para gerações futuras. Vale destacar que a qualidade da exsicata depende também dos cuidados com o manuseio, variações de temperatura e umidade, sendo esses dois últimos responsabilidades do herbário. Caso o herbário não armazene adequadamente suas exsicatas, poderá correr o risco de sofrer ataques de fungos e insetos. O surgimento desses organismos poderá acarretar até mesmo a perda total de um acervo.

Herbários virtuais

Atualmente, muitos herbários têm disponibilizado seu acervo na internet por meio da digitalização das imagens das exsicatas. Esse avanço é extremamente importante, haja vista que fornece dados sobre a biodiversidade mundial a qualquer pessoa e a qualquer hora, garantindo, assim, um maior fluxo de informações.

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Regra de três
Listamos os três erros mais comuns em regra de três.

..................................................

Fígado
Você conhece todas as funções desse órgão no organismo?

..................................................