Alunos Online


Herpes labial

O herpes labial, ou herpes simples, é uma das infecções virais mais comuns, depois da gripe e resfriados. É causado pelo Herpes simplex do tipo 1 (HSV1) e, em frequência bem menor, pelo do tipo 2 (HSV2), responsável pelo herpes genital.

Sua manifestação é caracterizada pelo surgimento de vesículas nos lábios e, em situações mais raras, na gengiva, língua e outras partes do corpo. Além disso, o indivíduo acometido pode apresentar febre, dor de cabeça, mal-estar, fadiga e inflamação nos gânglios.

Ardor local e coceira costumam se manifestar antes do surgimento das vesículas propriamente ditas. Após certo período, elas estouram, formando feridas avermelhadas e muito doloridas. Tais sintomas tendem a durar até duas semanas, regredindo naturalmente e sem deixar manchas.

Na primeira vez em que o vírus se manifesta, os sintomas podem persistir por até três semanas. Depois, o vírus se aloja em gânglios nervosos e permanece ali, inativo. Em situações nas quais o sistema imunológico da pessoa se encontra mais enfraquecido, decorrente, por exemplo, de estresse, má alimentação e infecções, o vírus volta à sua atividade e, geralmente, afeta a mesma área do corpo.

Como não existe tratamento para a eliminação do vírus, os cuidados focam a redução dos sintomas e aceleramento da cicatrização das feridas. Tais orientações devem ser feitas por um clínico geral, dermatologista ou dentista.

Alguns cuidados são necessários, como evitar o contato com as lesões ou, caso isso ocorra, lavar bem as mãos. As feridas jamais deverão ser furadas e suas crostas não devem ser arrancadas. Não deve ser utilizado nenhum tipo de maquiagem, tanto para disfarçar a lesão quanto para fins estéticos, já que podem piorar o quadro e também serem contaminados pelo vírus.

Evitar beijar ou compartilhar copos, batons ou outros objetos que possam ter entrado em contato com as feridas e/ou saliva é uma importante medida para impedir que outras pessoas adquiram o vírus.

Compressa gelada ou com gelo, na região acometida, pode aliviar a dor causada pelo herpes.
Lesões típicas do herpes labial.

Lesões típicas do herpes labial.

Por: Mariana Araguaia