Alunos Online


Inspiração e expiração

Inspiração e expiração são movimentos responsáveis pela entrada e saída de ar do organismo.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos Pela inspiração, é possível levar o ar para dentro do corpo

Pela inspiração, é possível levar o ar para dentro do corpo

A respiração é um processo fundamental para a nossa sobrevivência, uma vez que está relacionada diretamente com a produção de energia. Podemos classificar a respiração humana em dois tipos: a pulmonar e a celular. A primeira é responsável por levar o oxigênio do meio ambiente para as nossas células e retirar do nosso corpo o excesso de gás carbônico. A respiração celular, por sua vez, é aquela responsável por gerar energia no interior da célula a partir de glicose e oxigênio.

Para que a respiração pulmonar ocorra, é necessária a realização de dois movimentos: a expiração e a inspiração. Esses movimentos juntos são chamados de movimentos respiratórios e só são possíveis graças à ação conjunta de músculos intercostais, diafragma e caixa torácica.

Na inspiração, o ar presente no meio move-se para o interior do corpo. Para que isso ocorra, é necessário que o diafragma e os músculos intercostais contraiam-se, levando ao abaixamento do diafragma, alongamento da caixa torácica e elevação das costelas. Esse processo faz com que o volume do tórax aumente e a pressão no interior dos pulmões diminua, ficando, aproximadamente, 2 mmHg abaixo da pressão atmosférica. A diminuição da pressão intrapulmonar causa a entrada de ar nos pulmões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na expiração, por sua vez, ocorre a eliminação de ar pelas vias respiratórias. Nesse processo, tanto o diafragma como os músculos intercostais relaxam, fazendo com que a caixa torácica retorne ao seu tamanho normal. Nesse momento, ocorre a retração dos pulmões e o consequente aumento da pressão pulmonar, que chega a 4 mmHg. O aumento da pressão força a saída do ar para o meio.

Observe como ocorrem os movimentos respiratórios e as estruturas envolvidas
Observe como ocorrem os movimentos respiratórios e as estruturas envolvidas

O processo de respiração ocorre involuntariamente, ou seja, independe da nossa vontade, e é controlado pelo centro respiratório localizado no bulbo, uma estrutura na base do cérebro. Quando o aumento de gás carbônico é percebido pelo centro respiratório, este manda uma mensagem para que os movimentos respiratórios sejam acelerados.

Em um estado normal de repouso, uma pessoa pode realizar de 12 a 15 movimentos respiratórios por minuto. O número de movimentos realizados por minuto é denominado de frequência respiratória.