Alunos Online


Irritabilidade

A irritabilidade é uma capacidade que os seres vivos apresentam de responder a diferentes estímulos. Ela é diferente de sensibilidade, que é exclusiva de animais.

Para ser considerado um ser vivo, um organismo precisa apresentar algumas características, tais como a capacidade de reproduzir-se, processar energia e evoluir. Outro importante ponto diz respeito a responder a estímulos do ambiente, que é conhecido como irritabilidade.

Definição de irritabilidade

A irritabilidade pode ser definida como a capacidade de um ser vivo de responder a diferentes estímulos. A luz, a gravidade e a pressão, por exemplo, são exemplos de estímulos que podem desencadear resposta em um determinado organismo.

A forma como um organismo responde a um estímulo é diferente em cada ser vivo. Enquanto em alguns casos, o organismo aproxima-se do agente estimulante, em outros, afasta-se. Podem ocorrer ainda mudanças na estrutura ou a movimentação do organismo, entre várias outras respostas.

Irritabilidade x sensibilidade

Irritabilidade e sensibilidade são conceitos distintos e, por isso, não podem ser usados como sinônimos. A irritabilidade é uma característica presente em todos os seres vivos e é uma capacidade de responder a estímulos. Já a sensibilidade é exclusiva de animais e diz respeito à capacidade de reagir de diferentes formas a um mesmo estímulo.

Alguns exemplos de irritabilidade

Todos os organismos apresentam a capacidade de responder ao ambiente. Alguns são exemplos clássicos, como:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Plantas carnívoras capturando insetos: A dioneia é uma planta carnívora que possui uma folha modificada que funciona como armadilha. Nessa folha, há pelos sensitivos que, ao serem tocados, fazem com que ela se feche e prenda o animal. As margens dessas folhas modificadas funcionam como grades que impedem a saída da vítima.

As plantas carnívoras conseguem capturar insetos quando eles tocam os pelos sensitivos
As plantas carnívoras conseguem capturar insetos quando eles tocam os pelos sensitivos

  • Modificação da pupila devido à mudança de luminosidade: A pupila controla a entrada de luz em nossos olhos, aumentando ou diminuindo de tamanho. Em ambientes escuros, a pupila dilata-se, aumentando a captação de luz. Em ambientes claros, ela contrai-se de forma a evitar danos à retina.

  • Pelos arrepiados em resposta ao frio: Os pelos ficam arrepiados de forma a amenizar a sensação de frio. Eles criam uma camada isolante em torno do nosso corpo.

  • Planta sensitiva fechando-se ao toque: A planta sensitiva, também conhecida como dormideira, é capaz de fechar seus folíolos rapidamente em resposta ao toque ou agitação. Esse fechamento ocorre devido à mudança na pressão de turgor nas células motoras do pulvino.

A planta sensitiva apresenta a capacidade de responder ao toque

A planta sensitiva apresenta a capacidade de responder ao toque

Por: Vanessa Sardinha dos Santos