Alunos Online


Qualidade de vida na terceira idade

A terceira idade pode ser prazerosa se você se manter sempre ativo.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos Cultivar bons relacionamentos ajudam a ter uma velhice saudável

Cultivar bons relacionamentos ajudam a ter uma velhice saudável

Nos dias atuais, envelhecer não é coisa rara. Nosso país apresenta hoje uma expectativa de vida que vai além dos 71 anos de idade. Nessa idade, muitas pessoas enfrentam a solidão e problemas de saúde que fazem com que essa fase seja triste. Entretanto, envelhecer pode e deve ser prazeroso.

“Ter uma vida saudável!” Esta frase é a resposta para que a sua velhice seja realmente a melhor idade. Quando falamos em vida saudável, não estamos pensando apenas em exercícios e alimentação. É importante preocupar-se também com as relações sociais e com os fatores psicológicos.

Na terceira idade, a maioria das pessoas encontra-se aposentada, os filhos não moram mais na mesma casa e finalmente a pessoa pode descansar e aproveitar. A seguir, você verá algumas dicas para ajudar a viver melhor a terceira idade.

Primeiramente, sempre realize um check-up, pois a prevenção é o melhor remédio em qualquer idade. Lembre-se de que um diagnóstico precoce evita que doenças se compliquem e deixem sequelas.

Realize sempre exercícios físicos. Os exercícios fortalecem os músculos, além de diminuírem os riscos de doenças cardiovasculares. Procure formar grupos para realizar caminhadas ou exercícios. É cada dia mais comum ver, em praças e parques das grandes cidades, grupos de idosos que realizam exercícios, como caminhadas e alongamentos. A prática de exercícios ajuda o indivíduo a ficar cada dia mais independente, além de diminuir possíveis quedas.

Alguns problemas são agravados com o avanço da idade. Uma simples queda, por exemplo, pode se tornar algo perigoso, uma vez que uma doença comum entre idosos é a osteoporose. A falta de cálcio deixa os ossos fracos e aumenta as chances de fraturas.

Outro ponto importante para envelhecer bem e de forma saudável é exercitar sua mente. Por que não realizar cursos de artesanato, corte e costura ou culinária, por exemplo? Clubes de leitura também são interessantes! Aprenda coisas novas. É sempre bom desenvolver atividades prazerosas e fazer novas amizades. O importante é manter a cabeça ocupada, mas não com problemas!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Participe de grupos de idosos. Esses grupos, frequentes na maioria das grandes cidades brasileiras, fornecem um espaço rico em possibilidades. O idoso pode se relacionar com outros, contando experiências de vida, compartilhando seus problemas e angústias. Isto é importante, pois, muitas vezes, o idoso acaba morando sozinho e tendo poucas pessoas para conversar. Além disso, esses grupos normalmente proporcionam viagens e excursões. É comum pessoas que frequentam esses grupos se sentirem mais alegres, independentes e livres. O contato com pessoas da mesma idade é importante para qualquer faixa etária.

A alimentação saudável é fundamental em qualquer idade. O consumo de cálcio e vitamina D é importante para evitar perda óssea durante a velhice. É importante também evitar alimentos ricos em gorduras e sal, pois são fatores que aumentam os riscos de doenças cardiovasculares, pressão alta, entre outras. É fundamental uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras, pois ela fornecerá fibras e vitaminas ao seu corpo. Evite alimentos fritos, opte sempre por alimentos assados, grelhados ou cozidos. E lembre-se sempre de beber muita água.

O uso de álcool deve ser evitado, assim como o do cigarro. O cigarro aumenta o risco de doenças graves de coração e pulmão, como o câncer. O risco de trombose também é maior em pessoas com o hábito de fumar.

Outro fator que, sem dúvida, influencia na vida de um idoso é o amor. Frequentemente as pessoas mais velhas sofrem discriminação quando o assunto é sexualidade, que pode ser explorada até o fim da vida. Não há mal nenhum em iniciar novos relacionamentos na terceira idade. Na realidade, só há benefícios. Quem não gosta de amar e ser amado, receber carinho e ter companhia? Felicidade não tem idade!

O mais importante é perceber que envelhecer não é doença. Não deixe que sentimentos negativos te impeçam de aproveitar a melhor idade!