Recifes de coral

Os recifes de coral são ecossistemas marinhos formados pelo acúmulo de esqueletos calcários e destacam-se por abrigar uma grande biodiversidade.

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Os recifes de coral destacam-se por sua grande biodiversidade
Os recifes de coral destacam-se por sua grande biodiversidade
PUBLICIDADE

Os recifes de coral são ecossistemas marinhos muito importantes, por causa, principalmente, de sua ampla biodiversidade. Eles são encontrados em locais com águas quentes e claras, onde a grande presença de diferentes tipos de plantas e animais forma um dos habitat mais diversos do planeta.

O que são os recifes de coral?

Os recifes de coral são ecossistemas marinhos formados pela deposição do esqueleto calcário de coral, algas e moluscos. Geralmente, os recifes ficam próximos à costa, submersos ou com uma pequena parte acima do nível do mar.

Os corais destacam-se na formação dos recifes e são constituídos por uma camada grossa de material calcário e uma camada fina de tecido vivo na superfície. Existem diferentes tipos de corais, porém, nem todos são responsáveis por formar os recifes. Essa característica é exclusiva daqueles que apresentam esqueleto calcário maciço.

Esses corais formadores de recifes geram colônias que, aos poucos, vão construindo sua carapaça calcária. Além disso, eles associam-se a algas zooxantela, que são as responsáveis pela coloração diferenciada. Vale destacar que a associação entre corais e zooxantelas é extremamente importante, não se limitando apenas a produzir a coloração. Essas algas fazem fotossíntese e, com o processo, fornecem compostos orgânicos aos corais. Os corais, por sua vez, fornecem compostos nitrogenados, fósforo e gás carbônico para as algas.

Quais os tipos de recife de coral existentes?

Podemos classificar os recifes em cinco tipos básicos:

  • Recifes em franja: Surgem próximo à costa e são separados dela por lagoas rasas;

  • Recifes em barreira: Diferentemente dos recifes em franjas, são separados da costa marinha por lagoas profundas;

  • Atóis: Surgem mais distantes da costa e apresentam o formato de anéis, com o qual formam uma lagoa;

  • Recifes em manchas: São recifes pequenos que raramente alcançam a superfície da água. Eles crescem na base da plataforma continental ou das ilhas;

  • Chapeirões: Geralmente, possuem o formato de cogumelo e podem atingir de 5 m a 25 m de altura.

Qual a importância dos recifes de coral?

Os recifes de coral são importantes por sua grande biodiversidade. Estima-se que uma a cada quatro espécies viva nos recifes de corais e mais de 50% dos peixes marinhos estejam presentes nessa área. Além disso, os recifes são o abrigo de espécies ameaçadas de extinção e servem de berçário para uma grande quantidade de espécies marinhas.

Além dessa importância ecológica, os recifes de coral são também relevantes para a economia. Muitas pessoas utilizam os recifes como fonte de renda, que pode ser obtida com a pesca ou com a exploração do turismo. Nesse último caso, as pessoas atraídas pela grande biodiversidade local podem entrar em contato com várias espécies diferentes e interessantes, especialmente por meio do mergulho.

Degradação dos recifes de corais

Os recifes de coral, assim como vários outros importantes ecossistemas, vêm sofrendo com a atividade humana. Um dos problemas mais graves enfrentados por eles é o chamado branqueamento. Esse fenômeno ocorre com o aumento da temperatura nas águas, que pode ocorrer em consequência do aquecimento global.

O branqueamento acontece quando as algas que vivem no interior dos corais são expulsas em decorrência do estresse causado pelo aumento da temperatura das águas. Essa expulsão gera o branqueamento da estrutura, uma vez que as algas são as responsáveis pela cor característica dos recifes.

Além do branqueamento, os corais tornam-se enfraquecidos com o aquecimento da água. Isso faz com que novas doenças surjam e algumas espécies sejam até mesmo extintas. Por viver apenas em águas límpidas e transparentes, os recifes também são afetados pela poluição.

O desaparecimento de recifes de coral coloca em risco diversas espécies, por isso, as ações de prevenção devem ser sempre promovidas.

DESTAQUES
Confira os destaques abaixo

..................................................

Divisão binária
Por que a divisão binária é um tipo de reprodução assexuada?

..................................................

Tritongo
Você sabe identificar esse tipo de encontro vocálico?

..................................................